Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A QUEDA

A Isabel, avó de Flávia, caiu na escada da Catedral Metropolitana de Vitória, no dia da formatura do seu filho, e machucou os dois joelhos.
-Vovó Bebel, você maçucô?
-Machuquei, Flavinha.
-E poque você num chola, hem?
-Sabe porque, meu amor? É que se eu chorar vai doer mais.
Um ano depois, Flavinha caiu e ralou o joelho.
-Não chore. Mamãe vai passar um remedinho e vai sarar logo, logo.
-Eu cholo, sim!
-Minha filha, não chore mais. Já passou. Foi só um arranhãozinho.
-Mas tá doeno, papai!
-Venha no colinho da vovó. Você se lembra daquele dia em que eu caí, na festa do tio Júnior?
-Lembo.
-A vovó chorou?
-Não.
-Por quê?
-Poque ia doê mais.
-Então, Flavinha, agora você vai parar de chorar, não é mesmo?
-É vovó. Vô palá.


Anna Célia
Enviado por Anna Célia em 31/10/2005
Código do texto: T65629

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Anna Célia Dias Curtinhas _ http://annacelia.multiply.com/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Célia
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 70 anos
1158 textos (55245 leituras)
1 e-livros (216 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:30)
Anna Célia