Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Acenda as luzes

São dez da manhã, quer dizer, eu acho que são dez manhã, ultimamente ando sem noção de tempo, de hora, é como se eu andasse dormindo de olhos abertos, piada! poderia ser, mas não é.
Sinto calor, sinto frio, ouço o barulho do trânsito, é tanta gente falando! Como brasileiro reclama da vida! A pouco tempo um cara veio me oferecer pipoca:
"- E ai tio, vai uma pipoquinha? tá na promoção R$ 0,50 centavo!"
Eu, um cidadão que sempre está ali pra ajudar, aceitei a "pipoquinha", mas é tão sarcástico você está na parada de um ônibus às dez horas da manhã, ouvido pagode do bar de frente, comendo uma "pipoquinha" e ainda ter que ouvir o pipoqueiro falando da vida pessoal:
"- minha mulher não presta! É uma vagabunda! Tava me traindo com o vizinho", não é querer ser ignorante mas, o que eu tenho haver com isso? o calor é insuportável, faz mas de meia hora que espero a bosta desse ônibus e nada! Foi quase uma hora de espera até chegar o bendito ônibus, lotado, mas tem gente generosa no mundo, fui sentado, um rapaz de uns 15 anos me deu a cadeira, se todos os jovens fossem assim, o mundo seria mais mundo, não teriamos mulheres mendigando dentro do onibus pra sustentar os filhos, expondo sua vida sofrida em troca de trocado porque o marido está desempregado. É esse é o mundo em que vivo, é o mundo que ouço e que não prefiro ver! e se já vi algum dia na vida me arrependo, são setenta anos de sobrevivencia, e de escuridão, e no meio de tanta injustiça. Se haver alguma melhora eu sentirei, mas infelizmente não verei. Acenda as luzes para um futuro melhor pq eu ja perdi a minha!


André Docky
Enviado por André Docky em 18/09/2007
Código do texto: T657836

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Docky
Fortaleza - Ceará - Brasil, 32 anos
211 textos (96642 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 10:25)
André Docky