Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O do Contra

Existem certas pessoas que nasceram para remar contra tudo o que há de mais natural, em qualquer que seja a situação.
Vejam o exemplo deste caboclo que conheci lá pelas bandas da minha terra - Delfim Moreira – Minas Gerais, que apesar da origem humilde era dono de grande habilidade e talento.
Caboclo este que ficou conhecido pela alcunha de DO CONTRA, o que não era para menos. Pois senão vejam:
Vivendo ele naquela monotonia, sem emprego e sem ocupação, sentindo-se um tanto quanto CONTRARIADO, resolveu, ainda que muito a CONTRAGOSTO, sair de sua cidade, remando assim CONTRACORRENTE de seu destino.
Chegando na cidade mais próxima, e sem qualquer CONTRATEMPO, foi imediatamente CONTRATADO em uma empresa, na qual passou a exercer a função de CONTRAMESTRE.
No entanto para CONTRABALANCEAR suas despesas resolveu mudar de ocupação.
 Recebendo uma CONTRAPROPOSTA, entrou para o mundo artístico, exercendo a função de CONTRAREGRA.
Não demorou muito passou a atuar, CONTRACENANDO com artistas dos mais renomados.
Devido ao seu talento e por gostar muito de música, formou uma banda noturna, na qual tocava CONTRABAIXO, ocasião em que convidava as moças presentes para uma CONTRADANÇA.
De tanto talento, chegou a escrever um livro no qual abordava assuntos um tanto quanto CONTRADITÓRIOS, cuja foto fora publicada na CONTRACAPA.
Porém, CONTRARIANDO, por influência de “bons amigos”, largou o mundo artístico e ingressou no ramo do CONTRABANDO.
Devido sua inteligência e habilidade tornou-se um exímio CONTRABANDISTA.
Ganhou muito dinheiro e gastou mais ainda cada vez que assinava o seu CONTRACHEQUE.
Em certa ocasião, foi apanhado pela justiça, certamente por ter caído em alguma CONTRADIÇÃO.
Seguindo seu destino e CONTRADIZENTO a muitos, resolveu deixar a profissão.
No entanto, em CONTRAPARTIDA recebe um tremendo CONTRAGOLPE do destino, talvez em razão de ter optado pela CONTRAVENÇÃO. Morreu em um acidente, ficando constatado posteriormente pelos peritos que trafegava na CONTRAMÃO.

Paulo Kostella
Enviado por Paulo Kostella em 19/09/2007
Código do texto: T659584

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Kostella
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 58 anos
922 textos (179799 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 06:40)
Paulo Kostella