Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ah! Quanta saudade!

Ah! Tenho tantas saudades de alguns momentos que a vida me proporcionou viver, eles não voltam mais só nas lembranças, é gostoso quando uma música traz de volta momentos que marcaram uma época, momentos inesquecíveis.
Quando escuto uma música que me leva para minha infância e traz de volta aquelas emoções de criança, começo a lembrar das brincadeiras, das bolinhas de gude que jogava com os amigos, sinto as emoções de quando disputava figurinhas na batida da mão quando ganhava era uma maravilha, lembro do meu peão e da minha fieira, carregava no bolso do short que quase caía com o peso do meu brinquedo, ah, que saudades do estilingue na cintura, me sentia um caçador, um verdadeiro “Indiana Jones” que emoções e saudades gostosas esses lembranças trazem.
Quando alguma música me leva à mocidade sinto como minha alma estivesse nascendo para a vida de novo, escutando a música começo a lembrar quantas vezes eu amei na juventude, toda semana chorava por uma namorada que me deixava, Ah, como isso era bom, fico feliz ao lembrar como me arrumava para sair com os amigos nos domingos e me divertir na praça da cidade onde morava, quando íamos dançar em algum salão os passinhos que fazíamos juntos, todos no mesmo ritmo e bem sincronizados, quantas saudades isso me dá!
As lembranças boas da mocidade onde com meus amigos da época aprendíamos as maravilhas de um mundo onde tudo era novo e interessante, as músicas da época, os namoros da época era diferente, ainda era bonito mandar cartas de amor com poesias para as pretendentes e quando tínhamos bom resultados conversávamos sobre novas estratégias.
Como é bom ter saudades e boas lembranças do passado, quem não tem lembranças não tem história, não tem do que sentir saudades, provavelmente é uma pessoa que não sente a vida, que não sonha que não ama só espera a vida passar, mas os que lembram do passado, das bagunças, das artes, dos momentos tristes e alegres esse sim sente sua história com aquela intensidade maravilhosa da saudade.
Ter saudades do que passou não é ruim, mas é amar todas as lembranças sabendo que tudo que ele viveu teve um objetivo, teve um significado e cada momento jamais sairão do seu coração.
Fabio Beltrame
Beltrame
Enviado por Beltrame em 24/09/2007
Código do texto: T665868
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Beltrame
São Paulo - São Paulo - Brasil, 41 anos
46 textos (11111 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 03:04)
Beltrame