Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O cair da ficha

   Compreendo tantas coisas hoje...coisas que antes fugia-me a razão. Percebo hoje a importância da pasciência no tempo, que tem o tempo certo para acontecer. Aprendi que lendo aprende-se muito, incultura-se bastante, mas aprendi também que observar, gera bem mais conhecimento e experiência. Manter o olhar atento a detalhes, gera uma percepção aguçada, que vai abrindo horizontes e revelando sapiências a respeito de tudo.

   Compreendo hoje, bem mais do meu mundo. Meu mundo agitado, apressado e fugaz. Entendo a necessidade de cada acontecimento. Os passos em cada trilha,cada ferida e cada cicatrização. Sei do nascimento, do crescimento e do amadurecimento ao longo dessa trajetória predestinada.

   A bem pouco tempo atrás, detinha-me apenas a uma visão turva e embaçada. Uma visão de frontispício, sem a profundidade atual, sem a calma e o entendimento de hoje.

   Hoje compreendo tão bem do amor. Do amor além fronteiras, do amor sem mácula, sem limites. Do amor puro, inocente e natural.
   Hoje...só hoje compreendo a extensão do ato de Jesus Cristo. A existência humana, a alma, o sentido da vida em sua totalidade e com sua notória complexidade. Com o passar do tempo vamos encontrando uma paz que acalma, que nos revigora e nos fortalece.

   Uma paz que nos impulsiona a uma evolução divinamente programada e dirigida. Nossos pés caminham firmes, seguindo um rumo certo. Tudo como se fôssemos movidos por uma força maior, para atingirmos a nossa meta, o  objetivo para o qual fomos criados.
   Compreendo hoje as diferenças. Percebo que são elas que nos tornam iguais. É na diferença que nos igualamos em nossos sonhos e em nossos desejos.

   Hoje meus sentidos são mais vigentes e não tenho mais a vicissitude jovial. A natureza me rega com sabedoria e graça, e me vejo bela e serena. Compreendo bem mais e melhor, a grandiosidade de certos atos e atitudes. O ato de tornar-me orvalho, para a fecundidade de muitas plantas que cruzam o meu caminho. Fazer-me sol, aquecendo os corações gélidos, lua, clareando a escuridão em que muitos vivem. Sendo uma estrelinha reluzente para uma criança faminta de carinho.

   Hoje compreendo a necessidade de agir e não apenas falar. De duvidar mais e crer menos e vice-versa em certos casos.

   É o cair da ficha. É o sentido da razão. É o poder da maturidade nos mostrando que há vida na imagem refletida no espelho  da vida.
milizinha
Enviado por milizinha em 24/09/2007
Reeditado em 20/05/2011
Código do texto: T665910

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
milizinha
Rio do Sul - Santa Catarina - Brasil, 53 anos
638 textos (97429 leituras)
1 áudios (274 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 14:03)
milizinha