Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Palavra

Tenho amigos que escrevem poesias e crônicas divinamente,
com maestria tocam-nos profundamente. Despertaram em mim o desejo de expressar a beleza da palavra.
De todas as artes a palavra é a mais bela, mais expressiva e com certeza a mais difícil; Ela é soberana, dominante e universal.

Você pode observar por muitas horas uma obra de arte, e perceberá num momento vago o expressar artístico e sentirá a ausência do elemento essencial: "a lira mágica".

O homem sempre teve necessidade, em todas as épocas, de expressar o seu mundo (de idéias ou de sentimentos). Dimensionando
interiormente, esse mundo é reiventado e reorganizado, levando-o a relacionar-se com seu semelhante numa troca recíproca de vivências, cuja relação é estreitada pela palavra.

A magia na palavra é capaz de esculpir estátuas que se tornam vivas após a lapidação da pedra. Só a palavra é capaz de colorir o vento, dar vida através do lirismo às estrelas, transformar a lua em flor. Só a palavra comovedora e persuasiva consegue tocar profundamente até mesmo os corações de homens que se dizem racionais demais, pois ela fala ao mesmo tempo à fantasia, à paixão, ao sentimento e à razão.

Não posso deixar de expressar que a palavra é fundamental para a humanidade, pois através dela nasceu a linguagem, onde o homem formula o conceito e utiliza as palavras com significação exata e limitada, revelando a sua maturidade intelectual e cultural. Levando a humanidade acessar a informação através dos livros, dos jornais, da internet, da filosofia, da História, da arte, da música, da poesia, da educação e etc.
A palavra é a matéria-prima que alimenta o mundo do literato, com sua visão afetiva e seu poder imaginativo, transforma o pensar e toca profundamente a alma do leitor.

Também coloco aqui algumas questões que causaram desconforto à humanidade, devido a uma comunicação nada eficiente com o mundo e com os seres humanos: As guerras  que ocorreram e ocorrem por causa da palavra pronunciada em determinados momentos. Os conflitos familiares, conflitos no trabalho e nos relacionamentos,
Quantas interpretações erradas a palavra sofre? Quantos pensamentos importantes foram esquecidos e quantas poesias jamais foram lidas,  em compensação quantas coisas maravilhosas a palavra nos proporciona.

A palavra tem aproximado pessoas, criado vínculos afetivos e fortalecido amizades, e isso tudo os amigos Recantistas têm vivênciado aqui mesmo, e eu só posso agradecer a todos por
utilizar a palavra e por compartilhar os sentimentos, as emoções com o toque pessoal, criativo e de muita sensibilidade poética.



Sonia Lupion Ortega Wada
Enviado por Sonia Lupion Ortega Wada em 28/09/2007
Reeditado em 28/09/2007
Código do texto: T671721

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Lupion Ortega Wada
Tsu - Mie - Japão, 53 anos
333 textos (57451 leituras)
2 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 08:04)
Sonia Lupion Ortega Wada