Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
*** PALAVRAS DE UM LIVRO ***

     Eu sou o seu amigo livro, por entre as minhas páginas você meu aluno aprende de tudo, é claro com as orientações do seu mestre amigo. Ah! Quando o aluno me compreende e o professor me explica ponto por ponto cada assunto meu fico feliz da vida, pois eu também tenho vida. As minhas linguagens, os meus exemplos, as palavras de incentivos, as unidades os meus glossários enfim tudo que me diz sobre os meus temas e textos.
     Elas são elevadas aos céus, quando término o ano, e o meu amigo aluno é aprovado com louvor, fico grato e feliz, porque no próximo ano vou ser usado novamente por outro aluno que cuidará tão bem de mim como neste ano. Meu melhor presente é saber que sou o grande amigo de todos e amado por muitos e odiado por poucos.
     Eu não gosto nem de lembrar o meu outro lado, sinto até vontade de chorar, mas eu não posso chorar-me mancho todo e ainda se apaga todas as minhas letras, fico feio. Se o meu amigo aluno, não passa é reprovado eu levo a fama de mal e o meu mestre é tonto e burro, mais meu aluno não foi capaz de tirar as dúvidas na hora da aula, não faz os deveres de casa deixando tudo pra sala de aula e não tem garra.
      O meu amigo aluno vive no mundo da lua, até parece que vai ser astronauta, mas pra ser astronauta tem que estudar como fez Marcos Pontes, o nosso homem do espaço. Meu caro aluno, não me deixe triste, sou seu amigo gosto de você mesmo que você não goste de mim, eu estou aqui pra te ajudar a ser um grande homem, homem de conhecimento, cuide bem de mim não deixe só preciso de você comigo.
     Não me deixe cair, não me molhe tenho horror a água não gosto de banho, até pareço gato. Não me deixe cheios de orelhas, assim fico feio. Encape-me, coloque seu nome, do professor a sua série o seu endereço e o telefone se caso você me perder, alguém liga pra sua família e principalmente não me rasgue que assim eu choro lágrima de sangue e você não quer ver sangue saindo do livro, não é?
      Peço pelo o amor de Deus cuide bem de mim, sou seu amigo do peito e me carregue no braço ao abraço estou sempre aqui. Obrigado meu caro aluno e ao meu mestre estaremos sempre tanto carinho aos nossos alunos, pois dependemos um do outro. Essas são as palavras de um livro ouça com serenidade meu caro aluno.


José Aprígio da Silva.
Correção e ampliação:
05/10/07.


 






JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Enviado por JOSÉ APRÍGIO DA SILVA em 05/10/2007
Reeditado em 20/08/2011
Código do texto: T681624

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 57 anos
1699 textos (153783 leituras)
1 áudios (36 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 21:03)
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA