Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PEQUENO ENXERTO

PEQUENO ENXERTO:



Serve o presente para lembrar a toda gente que o ilustre passageiro creosotado morreu ontem de caxumba. A moça prendada  que andava ao seu lado  , no bonde de anteontem  , hoje é uma velha caquética que anda a falar com os gatos. O motorneiro e o bilheteiro ainda hoje jogam dominó no banco da praça. Ninem assim de trapaças, trapaceando o tempo que como eles esqueceram o que deveria fazer. Ouve o ouvido surdo do bedel da velha escola perseguindo os gazeteiros de pernas de fora. Tudo se resume nos tempos em que vivemos nas recordações do futuro.

FUTURISMO.


MARIO ORTMAN FERREIRA FILHO

grotius
Enviado por grotius em 05/10/2007
Código do texto: T682171

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
grotius
Santo André - São Paulo - Brasil, 62 anos
444 textos (16785 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 16:17)