Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Orgulho de ser paraense?! (texto pra todos aqueles que sofrem em Belém por causa da cultura do barulho)

Faz um “S” pra mim, faz a “Pedra”, faz um “T”. Que maravilha! É fantástico(aliás, é comum fazer referência ao programa global e seu locutor Cid Moreira)! Essa é a juventude paraense. Esse é o resultado de anos de uma boa educação e um ensino de qualidade e uma vida com dignidade. É isso mesmo! Quando o povo tem boa estrutura familiar, acesso a informação e uma boa escola, não poderia ser diferente.
É assim todo fim de semana. Tomamos um super porre ao som do Super Pobre, digo Super Pop. “Traço” um ou uma qualquer ao som do Mega Hiper Todo Poderoso cheio de adjetivos Tupinambá. E assim levamos a vida: com a certeza de que a nossa comunidade cresce cada vez mais com orgulho pra dar e vender; de ter uma juventude madura que sabe o que quer, consciente do momento social em que está inserida em pleno gozo de suas habilidades intelectuais expressadas com toda (super potente) força no som e nas letras das músicas de nossas tão queridas e “consideradas” aparelhagens.
Não podíamos estar passando por um momento melhor na produção artística local, momento esse desfrutado por todas as classes sociais, pois as aparelhagens e seu trabalho artístico de primeira podem ser escutadas tanto  num barraco na periferia quanto dentro dos carros importados que passeiam pelas nossas ruas. É a democratização do gosto popular sendo reconhecido pela sociedade como um todo sem preconceitos. Esse é o Pará! Música de qualidade, povo consciente, jovens cada vez mais maduros para a vida em todas as camadas sociais. Nosso mega, super, poderoso, considerado e potente futuro esta aí.
Mal posso esperar pra escutar de novo as meninas cantando que querem dar o seu “charque”, seu “cozido”, sua “periquita”, ou ainda perguntando “cadê o corno?”. É realmente de dar inveja a nossa produção musical local. Graças a esse quadro, o Pará é sempre visto como uma grande referência cultural brasileira, sendo aclamado em todo o país. O volume e a potência de nossas aparelhagens refletem o nosso nível cultural e intelectual, o que reforça a nossa auto-estima, o nosso orgulho de ser paraense e fazer parte de uma comunidade que só tende a crescer como exemplo a todos no Brasil e no mundo. Quem no Brasil não gostaria de tirar uma foto com nossos DJs, ou melhor ainda, aparecer no mais recente DVD do Super Pop, Tupinambá ou Rubi? Não é mesmo o máximo?
Finalmente, parabéns a todos os DJs pelo ótimo trabalho que vêm realizando junto à sociedade aliando entretenimento de qualidade com conhecimento para todos. Vocês são demais, vocês são super, são poderosos, mega, hiper considerados! Sem vocês, não sei o que seria de nossos jovens tão carentes de referências e um horizonte para buscar. As famílias estão muito mais tranqüilas sabendo que seus filhos participam de eventos sonoramente tão importantes para o futuro de todos. Um muito super potente e sonoro obrigado.
Jairo Souza,
Jairo Souza
Enviado por Jairo Souza em 06/10/2007
Código do texto: T682613
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jairo Souza
Rio Branco - Acre - Brasil, 42 anos
11 textos (1309 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 22:12)
Jairo Souza