Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

.........." SE VOCÊ VIER ME PERGUNTAR....."

      Se você vier me perguntar....
      Onde eu estava....em meio aos seus sonhos...suas noites, eu...
estava desesperado..., enquanto você  dormia, eu me desesperava..,o
meu pesadelo era constante...constantine........, eu via demõnios,e eu
brigava com eles....numa luta acirrada, dura.....enquanto você dormia.
      Nas noites que passei acordado...chorando lágrimas de sangue,vc
estava em meio aos seus sonhos...azuis.....e eu não sou azul, e sim,
laranja....digladiei com soldados dos infernos...meus anjos não estavam
comigo...fujiram todos....numa covarde correría....me deixando só.....
sem  ninguém...não recebi ajuda de padres, nem de pastores...nem de
Deus...fiquei só...não fui abençoado, nem protegido...meu equilibrio foi
quebrado em meio as labaredas de fogo ardente vindo dos infernos....e
lutei sozinho contra tudo...contra todos...pois todos estão em tudo....
uma corrente desvairada , cega, e fiel ao vil metal....minha filosofia foi
só minha...nem nos livros....nem nos altares....estava sozinho..só eu..
       
      Os demônios sorriam....num largo sorriso de quem está com tudo
e eu, apenas comigo....minhas mãos queimavam no meu volante, só,
apenas eu..., como no inferno de Dante, como na divina comédia do
meu eu....solitário....desprotegido....sem compreensão...sem apoio, eu
apenas eu....
      Nem me pergunte por onde eu andava...agora que tudo está no
mais calmo e sereno bem estar....me entranhei nas profundezas da
terra, no fogo dos infernos....sem prazer...sem água....
     ´Perguntas agora não resolvem nada....pra quê respostas...pra
quê...pra quem...porque.......se você vier me perguntar...por onde eu
andava....,com os olhos em fogo..., em chamas............, eu estava
só......sei que assim falando pensas....que isso é coisa de desesperado
mas eu queria mesmo que minha vóz....fosse uma lâmina....que afiada
cortasse a  carne de todos vocês....queria que minha vóz fosse fel..
para arder na carne de vocês......nem sei....nem vi o fim da novela
das oito...sei lá se o mocinho conseguiu vencer o bandido....só eu
sei o que passei.....
       Meu amor...onde está você....que eu apenas amo nas linhas...
e que nunca verei de fato...nunca irei tocar seu rosto..nunca irei ver
seus olhos...e não sentirei seu perfume....
      Tenho um filho chamado Paulo....." Paulo..Paulo..porque me persegues...",diría o MESTRE.....mas nem sei onde anda Jesus..não
está nunca pra mim....nem nas preces....nem nas Igrejas....nem aqui,
nunca esta pra mim....nunca posso estar com ELE.....
      Expulso demônios que depois me odeiam e lutam contra mim...mas,
para quem faço isso...porque salvo vidas....porque ajudo..para quem
sirvo....porquê......pra quê......, meu lugar já sei onde é...INFERNO, e
se sei que é lá, porquê ajudar.....salvar..expulsar demônios...porquê...
      Nem sei mais escrever...nem quero.....apenas vou deixar uma nova
mensagem  sublinhada...escondida....oculta....para que algum bom
anjo, que não seja o mesmo de sempre possa ver....e talvez...vir até a
mim......para curar minhas chagas abertas de tanto expulsar demônios
dos outros.....minhas carnes ardem......, logo já é de novo meu dia...
meu aniversário....e quem vai cantar parabéns para mim no dia 24 de
Dezembro....
     Sou filho de José....de Maria....me chamo Messias...e nasci no dia
de Natal.....mas não sou Jesus....., porém, herdei sua cruz...pesada e
fria....com um peso além de minhas forças.....acho que nasci apenas
para expulsar demõnios.....e eles se voltam contra mim depois...e eu,
fico só.....no meio da chuva....da rua....com meu sangue saindo por
meus poros...narinas....e boca......só tenho um fiel aliado ao meu
lado......meu cigarro ....sempre ele perto de mim.....só ele.....pois,o
mundo só pode me dar seu desprezo.....cortezia irônica para quem
expulsa demônios das pessoas irônicas deste mundo infernal....,é assim
é isso......, não me pergunte mais nada......


* T.
trindade
Enviado por trindade em 07/10/2007
Código do texto: T683968
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
trindade
Blumenau - Santa Catarina - Brasil, 39 anos
386 textos (27349 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 00:18)
trindade

Site do Escritor