Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quero dar um basta!!!

Quero dar um basta em algumas atitudes que me fazem sofrer, quero dar um basta nas coisas ruins que tenho feito todos os dias, quero dar um basta nas irresponsabilidades praticadas por mim.
Quero ser feliz no tempo que me resta talvez alguns meses, anos ou décadas, não quero mais errar preciso dar um basta, pois o tempo não espera, preciso aproveitar o que tenho na vida, os momentos felizes que não tenho dado o valor devido, preciso sentir mais as coisas simples que hoje não tenho valorizado.
Tenho vontade de gritar no meio da rua sem me sentir censurado por ninguém, quero dar um basta nesse legalismo que foi formado em mim, um legalismo mentiroso, falso e sem sentido, quero romper com o sistema, ter minhas próprias idéias, sentir a vida em sua essência não de uma forma moldada pela mídia e pelos outros, quero viver minha própria vida, e não a vida que querem que eu viva.
Quero dar um basta em tudo que foi formado em mim, por esse meio social que tem dono, ou alguns que vendem suas idéias para as escolas que estudamos e para esse sistema que não tem identidade própria.
Quero dar um basta em tudo que me manipulou até os dias de hoje, quero quebrar as regras, romper com o sistema, arrancar essa moralidade mentirosa que incutiram em mim, porque hoje pago um preço alto com isso, quero ser livre para pensar, cantar, escrever sem obedecer às normas ou a uma sociedade dona de um padrão falido.
Quero dar um basta para ser livre para amar, acreditar e ser feliz, quero ser liberto dessa sociedade que pouco se preocupa com os excluídos, quero me vestir de qualquer jeito, não quero ser padrão ou modelo, quero ter identidade própria, não nasci para ser estereótipo de ninguém, quero pensar por mim e não ser eco ou sombra de ninguém.
Quero simplesmente ser eu mesmo sem acréscimo de ninguém, sem os pensamentos dos grandes filósofos, sem costumes de outras culturas, quero me conhecer como sou sem me enxertar do externo e assim aprender a amar as coisas mais simples e belas da vida.

Fábio Beltrame
Beltrame
Enviado por Beltrame em 08/10/2007
Código do texto: T685663
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Beltrame
São Paulo - São Paulo - Brasil, 41 anos
46 textos (11127 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 04:16)
Beltrame