Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A PALAVRA E SEU USO

A palavra confere poderes ao homem e o excalça na tarefa que lhe compete na face da terra. O verbo foi pois, com a alma conciente, a maior prerrogativa do Criador à criatura. Desde os promórdios da existência o homem luta para adquirir seu lugar no planeta e a palavra, a princípio insipiente, foi-se alargando em extensão, tornando-se veiculo exato do pensamento.
Desse precioso legado surgiram as maiores conquistas da cultura humana. No entanto, a palavra, como expressão do pensamento, é geratriz de fôrça, de bênção, como também mal dirigida, pode tornar-se veiculo de perdição. Não lhe basta o entono, mas o sentido com que é proferida para dar-lhe força positiva ou negativa.
O homem fala, e fala por vêzes demasiado, por isso nem sempre o verbo tem a a expressão de fôrça, nem sempre traduz verdade.
Muita vez, como um véu grosseiro, a palavra esconde a realidade do pensamento, dando ensejo ao embuste.
Assim não há outra diretriz para o espírito; usar o verbo como veiculo da verdade, dando-lhe a sublimidade espiritual como elemento que liga a criatura à gradiosidade do Criador!
Jaubert
Enviado por Jaubert em 10/10/2007
Código do texto: T688124
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jaubert
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
158 textos (6034 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 12:23)
Jaubert