Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALIMENTANDO-SE DE LIXO

          Certo dia, vindo para Viana, rumo ao trabalho, pela janela do ônibus, vi uma cena que jamais esquecerei. Pude observar um mendigo alimentando-se com avidez das sobras de comida presentes em um latão de lixo, que ele apanhava com as mãos e levava à boca. Fico meditando às vêzes, em muitas pessoas que são exatamente como aquele mendigo. Não se alimentam das sobras de comida deixadas em um latão de lixo, mas alimentam-se das sobras do lixo da vida, presentes no latão de lixo da existência. São livros, revistas, programas de tv, músicas, manchetes de jornal e tudo o que não edifique-nos como seres humanos e nos torne melhores cidadãos perante a sociedade na qual vivemos. Na verdade o ser humano está sempre buscando lixo para alimentar o seu intelecto, enquanto a maior fonte de sabedoria espiritual que é a Bíblia (a palavra do Deus Criador) é simplesmente ignorada.
          Da mesma forma que o físico fica debilitado com uma alimentação deficiente, podemos observar um mundo debilitado e, carente de amor fraterno, com as pessoas morrendo de fome de paz, de compreensão e de ajuda. Isto porque a humanidade está habituada a alimentar-se do lixo produzido e oferecido pelo latão de lixo do mundo, deixando de lado o banquete espiritual oferecido pelo próprio Deus Criador, contido na Sua Palavra, A Bíblia Sagrada, fonte de paz e de verdadeira felicidade.
Antonio Alves
Enviado por Antonio Alves em 10/10/2007
Código do texto: T688270
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Alves
Serra - Espírito Santo - Brasil, 55 anos
4710 textos (116405 leituras)
10 áudios (3165 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 22:49)
Antonio Alves