Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEDITAÇÃO

MEDITAÇÃO
               Jacó Filho - 1970


Uma vez, outra vez, inda mais uma. Pensei, analisei e sem conclusão nenhuma, fiquei a imaginar:
Onde está a essência que a vida necessita?  Porque nossa presença ?  Um enigma, um labirinto de perguntas sem resposta, um motivo de procura mas sem êxito, um eco do silêncio provocado pelo nada...  Minha vida! Uma sombra vagando pela noite, uma luz encandecida pelo Sol, um murmúrio a misturar-se a turbulentos trovões.
De repente, uma ilusão. Daí a delimitação da minha vida e a semelhança de todas, acaba-se o personagem e surge uma multidão. A turbulência destorce todos os sonhos, ficando apenas para os inocentes. Correndo em busca de se mesmo, se espraiam e quase não percebem que o tempo passa, até acordarem como se de um longo sono, e notam que estão brancos os seus cabelos, começam a  se sentirem culpados por não terem trilhado um caminho melhor e agarrado a única oportunidade de serem felizes.  Então mais uma vez a esperança, e começam a correr do fim da vida, até que sem perceberem, tropeçam com a morte e caem no leito eterno.

Jacó Filho
Enviado por Jacó Filho em 11/10/2007
Código do texto: T689920
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jacó Filho
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
3366 textos (286261 leituras)
1 e-livros (292 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 13:28)
Jacó Filho