Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A solidão hoje

Antigamente solidão a pessoa sentia quando ia só para lugares distantes de seus entes queridos e pelos meios de comunicação de então serem precários e demorados a comunicação se fazia lenta e difícil.
Batia aquela angústia, o desejo de rever e conversar com as pessoas mas isso era de certa forma impossível.
Porém a solidão hoje podemos sentir,mesmo estando dentro de nossas casas, apenas pela falta de comunicação, falta do calor humano não transmitido pelo corpo quente mas por um coração e uma palavra amiga.
Hoje sentimos solidão se estamos com nosso telefone ou celular sem linha, ou pela queda de uma conexão de internet com a pane ou vírus em um microcomputador.
Hoje sentimos solidão ao ser abandonados ou esquecidos por amigos (as) a quem nunca vimos mais intimamente queremos bem.
Hoje sentimos solidão ao amar ou desejar sem mesmo conhecer e perder antes mesmo de ter realmente conquistado um alguém virtual, mas tão real para nosso coração.
Nesse sentido a solidão é igualzinha a de antigamente, bate aquela dor no peito, aquela angústia e o desejo de estar pertinho, de falar mesmo que seja por um microfone ou web cam.
Renato Zecca
Enviado por Renato Zecca em 13/10/2007
Código do texto: T692662

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Renato Zecca). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Renato Zecca
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
257 textos (80661 leituras)
6 áudios (23704 audições)
2 e-livros (186 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 02:41)
Renato Zecca