Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(In) Consciência




     Clarões intermitentes passando rápido. Luz impessoal. Sensação de frio. Silêncio absoluto. Pensamentos desconexos. Espaço irreal. Tento levantar, o corpo não responde, não o sinto. Os corredores são intermináveis, e a intermitência também. Pareço mergulhar num poço sem fundo. Tudo pára. Um disco que acende, luz que cega, penetra até o tálamo.
     Uma voz distante insiste que eu não vá para a luz, não posso evitar, já que mesmo de olhos fechados estou inundado dela. Outras vozes, rápidas, precisas, cortantes. Tinir de metais, gosto acre, cheiro penetrante. Imagens sem foco, borrões coloridos como pinturas de Matisse misturam na mente o que vejo e o que lembro...Dor lancinante, instantânea, e a memória acessa momentos entrecortados, fragmentos de lembranças. Slides. Um sorriso, um vestido colorido, o anel, cabelos longos ao vento. Mais dor. Outros slides. Grama orvalhada, areia branca e solta. Maresia. Vozes e música. Explosão. Cores inimagináveis, sons incompreensíveis. Dor. Muita dor. E o silêncio... É a Morte.
     Ainda a luz. Mas diferente agora. É quente e acolhedora. Percebo mesmo antes de abrir os olhos. Os velhos sons conhecidos. Em frente à janela, os cabelos longos soltos na brisa, um vestido colorido, nos dedos o anel e nos lábios o sorriso. Sorrio também. É a Vida.
   
Luiz da Silva Rosa
Enviado por Luiz da Silva Rosa em 16/10/2007
Código do texto: T697321
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz da Silva Rosa
Santa Isabel - São Paulo - Brasil, 61 anos
71 textos (6896 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 08:18)
Luiz da Silva Rosa