Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"O final de tudo"

Quebrando-se feito vidro,
A minha vida está estilhaçada.
E todos os cacos deveriam refletir meu ser, meu brilho.
Pude ver todos os momentos por mim produzidos
E agora devo parar e recomeçar...

Se um dia para mim houve paz,
Agora não dá, não haverá jamais!

A estupidez dos meus olhos não me faz enxergar
Tudo que está em minha volta.

O caminho pode ser belo,
Mas as curvas podem tirar-me da rota.
E neste momento não sobrará mais nada,
Tudo estará perdido como num labirinto.

Matar um leão por dia, assistindo a toda essa sangria.
Os pensamentos vazam pelos buracos da minha cabeça
Que já não tenho como tapar.

Muitas coisas ditas que não me servem de nada.
Então me escondo para não ser atingido
Por essa chuva ácida que transforma tudo em cinzas...

Quebrada feito vidro, minha vida está acabada!
E o que sobrou de mim já não tem valor.
Será que posso dizer que o jogo terminou!?
Porque a batalha foi perdida
Mas a guerra não acabou!

A verdade é lenta,
a verdade é crua.
Todos têm medo e querem evitá-la.
Mostram-se tolos, mostram-se estúpidos!
É impossível, ela sempre vem.
ThIaGo RoDdYs
Enviado por ThIaGo RoDdYs em 17/10/2007
Reeditado em 21/05/2009
Código do texto: T697979

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ThIaGo RoDdYs
Duque de Caxias - Rio de Janeiro - Brasil, 30 anos
34 textos (1533 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 08:22)
ThIaGo RoDdYs