Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor à Primeira Vista

Ela era uma cética incorrigível. Passava debaixo de escadas sem o menor problema, não ligava se um gato preto atravessasse em sua frente e não fazia questão nenhuma de levantar com o pé direito. Por essas e outras que ela também não acreditava em amor à primeira vista.

Certo dia, ela, linda, estava levando seu cachorro para passear e passou por um homem que pediu o telefone do cachorrinho. Ela não deu bola. Logo depois, um outro passou, perguntando se ela era um anjo que caiu do céu. Mais uma vez, ela não deu bola.

Até que ela resolveu parar em uma padaria. Amarrou o cachorro do lado de fora, encostou no balcão e pediu um suco de laranja. Em seguida, chegou um homem, que também encostou no balcão, também pediu um suco e puxou conversa. Eles conversaram por um bom tempo, descobriram inúmeros pontos em comum e combinaram de se encontrar mais tarde.

Na hora da despedida, o homem resolveu perguntar se ela acreditava em amor à primeira vista. Ela, mesmo interessada, disse que não. Pegou bode do rapaz e resolveu não atender o telefonema dele. Tonta, está sozinha até hoje.
Ricardo Polinesio
Enviado por Ricardo Polinesio em 19/10/2007
Código do texto: T700742

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.polinesio.zip.net"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardo Polinesio
São Paulo - São Paulo - Brasil, 37 anos
68 textos (5656 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 03:22)
Ricardo Polinesio