Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Consciência do virtual

Faz alguns anos venho sendo uma internauta como muitas aqui no Brasil e no mundo.
Nesse como outros vícios as pessoas entram com o desejo de buscar a alegria e felicidade.

Você deve estar achando estranho falar em vício, mas é isso mesmo, começa-se aos poucos e depois não se consegue parar.
Você entra em um site de amizade, outro, outro e de repente se vê com centenas de “amigos”.

Vem àquela euforia de se imaginar querida, desejada, amada.

E quanto mais contatos mais você fica se achando e muitas pessoas passam pelas suas páginas e caixas de mensagem dizendo palavras bonitas, versos e cânticos de amor ou sensualidade.

Mas tudo que foi um dia delicioso começa a se tornar nebuloso e turvo quando você descobre que é tudo...

Menos real.

Quando você descobre que você nada mais é do que uma ilusão, um sonho...

Algo lindo, admirável...
 
Mas intocável...

Quando você vê que pode falar com trocentas pessoas...

Dia a dia, mas...

Percebe que quando mais o precisa...

Não tem ninguém...

Criei essa consciência do virtual e por isso...

Agora...

Chamo-me Lua...

Apaixonada pelo sol...

Mas que nunca se encontram...

Lua... Admirada pelos apaixonados...

Linda, mas intocável

(Fiz esse texto apartir de algumas frases recebidas de uma amiga pelo MSN) S.J.Campos 16/09/2006
Renato Zecca
Enviado por Renato Zecca em 28/10/2007
Código do texto: T713465

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Renato Zecca). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Renato Zecca
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
257 textos (79889 leituras)
6 áudios (23694 audições)
2 e-livros (186 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 08:35)
Renato Zecca