Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR MADURO


             O que é o amor maduro? Que definição se pode dar a um sentimento que nasce a partir de experiências que um homem ou uma mulher já teve em sua vida? Amor maduro, assim, pode significar respeito, também admiração, espontaneidade.
          O respeito é fundamental entre os casais: respeito às ideologias individuais, respeito às formas de vida de cada um, respeito ao silêncio de um ou de outro, respeito ao passado de cada um. Isso tudo não quer dizer que não haja discordância de um lado ou de outro, pelo contrário, é possível que tais diferenças só venham somar e enriquecer o relacionamento a dois, a partir de um diálogo inteligente e não instigador de picuinhas que em nada contribuem para o crescimento do casal.
             Em qualquer tipo de relacionamento que se quer duradouro e forte espera-se que o outro demonstre uma confiança, porém isso só será possível se levarmos em conta a trajetória de cada um no presente, porque o passado em nada pode interferir, pois o que foi feito jamais será apagado, mas sim adormecido, servindo apenas como avisos a novos passos.
                  A admiração é um fator preponderante e indicador de uma relação que tem chance de prosperar. Se não houver uma admiração de um ou de outro, a relação ficará “morna”, rotineira e, com isso, tende a morrer muito cedo. Um simples elogio enaltece qualquer ser humano, o reconhecimento de uma ação é fator fundamental para fomentar a relação; um elogio, por menor que seja, sempre levará o casal a ter mais confiança em seu companheiro ou companheira. Um elogio não pode vir carreado de “eu acho que”, ou de suposições infundadas. Muitos homens e mulheres têm o prazer de “alfinetar “o outro para sentir se um ou outro cai em desacordo com o que foi dito. Isso não significa  elogio à atitude, mas sim, um interrogatório infundado ou fundado na desconfiança, na paranóia, na perseguição de algo que nem ele  ou ela sabe o que é, também são fundados em mentiras e meras divagações .
                        A espontaneidade é um fator individual: ou se tem ou não se tem tal sentimento. A espontaneidade está alicerçada na criatividade de cada um e não em teses. Essa atitude é aliada à verdade em uma relação. Muitas vezes um dos cônjuges não aceita a espontaneidade como tal, mas sim como algo forçado e pronto , ou arquitetado. Um grande engodo. Uma perda de tempo, um legado a cair na rotina na maioria dos relacionamentos.
                   Portanto, o respeito, a admiração e a espontaneidade são apenas alguns dos pontos capitais numa relação a dois. É possível alavancar um relacionamento levando-se em conta a verdade entre os dois – o homem e a mulher – o carinho, a certeza de que um deposita no outro e a plena liberdade de ação, pois que esses são fatores primordias na construção de uma relação duradoura e feliz.
Zete
Enviado por Zete em 03/11/2007
Reeditado em 03/11/2007
Código do texto: T721986

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zete
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
131 textos (9822 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 07:59)
Zete