Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
O NEGÂO CAGADO.

NO COMEÇO DOS ANOS 80 EU TRABALHAVA EM UMA FIRMA
FABRICANTE DE ELEVADORES NO SETOR DE ATENDIMENTO AOS CLIENTES.
UM DETERMINADO LOCAL ERA O PONTO DE REUNIÃO DE DUAS EQUIPES; A QUE EU FAZIA PARTE E UMA OUTRA QUE FAZIA OS SERVIÇOS MAIS PESADOS.

O SUPERVISOR DAQUELA EQUIPE ERA UM NORDESTINO MUITO EXIGENTE QUANTO AO CUMPRIMENTO DE HORARIOS, CASO NÃO JUSTIFICASSE O ATRAZO, ELE MANDAVA RETORNAR E CORTAVA O PONTO.

CERTO DIA, COM BASTANTE ATRAZO, CHEGOU UM DOS MEUS COLEGAS DAQUELA EQUIPE; UM NEGÃO COMO EU, MAS MUITO MAIOR E MAIS FORTE. CHEGOU CABISBAIXO E COM AS CALÇAS MOLHADAS.
IMEDIATAMENTE O SEU CHEFE LHE DISSE: “... PODE VOLTAR”.
“... POSSO AUMENOS ME EXPLICAR?” PEDIU O COLEGA.
“... FALE”.

“... SABE CHEFE, ONTEM FUI A UMA PELADA ONDE MORO; DEPOIS DO JOGO TEVE UM MOCOTÓ ARRETADO D’BOM E MUITA CERVEJA; TIREI A BARRIGA DA MISERIA; HOJE SAI DE CASA SENTINDO MINHA BARRIGA MEIO ESTRANHA, MAS FUI PARA A ESTAÇÃO E PEGUEI O TREM; DURANTE A VIAGEM SENTI UM BORBULHAR E PENSEI: SE PIORAR SALTO EM DEODORO... EM DEODORO...VOU ATÉ MADUREIRA; E ASSIM EU VIM DESCENDO ANSIOSO PARA O TREM CHEGAR LOGO NA CENTRAL.

CHEGANDO EM SÃO FRANCISCO PIOROU, MAS EU PENSEI...SÓ FALTA UMA ATÉ A CENTRAL, O TREM PARTIU, MAS LOGO PAROU NO SINAL.

AI A COISA FICOU PRETA. A BARRIGA APERTOU; CRUZEI AS PERNAS, SEGUREI FIRME NA CHUPETA (ESTAVA EM PÉ), E REZEI PARA CHEGAR LOGO LÁ NA CENTRAL.

DERREPENTE O TREM DA UMA ARRANCADA, EU PERCO O EQUILIBRIO E ABRO AS PERNAS, AI SAIU TUDO. FIQUEI QUETINHO SENTINDO DESCER PELAS PERNAS. ALGUEM DIZ..."TEM ALGUEM CAGADO AQUI", OLHAM EM VOLTA, ME ACHAM,... "É ESTE NEGÃO QUE ESTÁ CAGADO"...SAEM TODOS DE PERTO. 

CHEGUEI NA CENTRAL.VOU ANDANDO PELA ESTAÇÃO COM TODOS ME APONTANDO..."LÁ VAI O NEGÃO CAGADO". 

FUI ATÉ O BANHEIRO, ME LAVEI E TAMBEM AS CALÇAS. POR ISTO CHEGUEI ATRASADO”.
“... VAI PRA CASA MEU FILHO, VAI DESCANSAR QUE ABONAREI SEU DIA”.

ELE FOI, MAS TEVE QUE MUDAR O HORARIO DE PEGAR O TREM, POIS QUEM O RECONHECIA GRITAVA “... OLHA O NEGÃO CAGÃO”.
joslu
Enviado por joslu em 04/11/2007
Reeditado em 08/03/2014
Código do texto: T723428
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
joslu
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 63 anos
137 textos (33485 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 08:35)
joslu