Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Crônicas do Cotidiano II

IPVA. Recebi uma carta do Governo do Estado de São Paulo. Achei estranho. Pago todos os impostos em dia. Ao abrir a carta, percebo que se refere a um carro que me roubaram 2 anos atrás. Achei que seria alguma retratação por não terem-no encontrado. Que nada. Era cobrança de IPVA. Vou procurar o bandido e pedir para ele pagar. Acho que seria uma boa.

Aliás, cobrar imposto todo governo sabe. Fui para Minas esse fim de semana. Mas abasteci o carro em São Paulo. O álcool lá é mais caro, por causa da alíquota mais alta do ICMS. É assim. Todos são contra imposto alto. Todos são contra a CP(permante)MF. Mas todos cobram. E caro.

Semana passada fui ao dermatologista, pois estou com alguns cabelos brancos. O médico me encaminhou ao dermatologista, Por quê? Na verdade, estou com algumas mechas loiras, e não brancas, porque consumo bastante leite, e como este, por sua vez tem na sua composição boas doses de água oxigenada, o resultado é o seguinte: beba leite e economize no cabeleireiro!

Aliás, o que andam falsificando coisas por aí. Até Wisky! Colocaram óleo de carro em azeite, e não é que a cor ficou bem parecida. É filme que não saiu no cinema. Falsificam até notícia de que o jornalista Alexandre Garcia foi mandado embora, por falar o que todos gostaríamos de dizer. Mas o Boris Casoy foi mandado embora de verdade. Enquanto isso, vejo na capa de uma revista que o Faustão é o maior apresentador da TV brasileira.

Eu não uso drogas. Não bebo (bebo), não fumo (fumo) e não assisto TV aos domingos. E também não bebo leite!

Estou abrindo uma ONG. Alguém quer participar? Minha meta é angariar recursos, mais precisamente 15 mil reais. Calma, calma. É para uma causa nobre. Fiquei sabendo que para aparecer no programa do Amaury Jr. sem ser famoso, basta pagar esta quantia. Que oportunidade de dar uns bons socos e pontapés nesse tremendo puxa-saco de ator pé-de-chinelo.

Copa 2014 no Brasil. É uma boa. Só assim para desenvolver o país. Só espero que usemos o exemplo do Pan-americano. Havia a promessa de gastos na ordem de 500 milhões, e na verdade foram gastos 5 bilhões. Para a Copa, a previsão é de gastos em torno de 20 bilhões....haja CPMF, IPVA, ICMS, IPI...e tudo nas mãos do Ricardo Teixeira....

Enquanto isso a miss-senado-playboy-photoshop  Monica Veloso acaba de adquirir uma casa de 2 milhões em Floripa. Exijo minha parte! Eu não comprei a revista, mas eu paguei imposto que, consequentemente, pagou a pensão da madame, que consequentemente pagou a mansão da madame. E eu que sempre quis conhecer Florianópolis...

Como espantar um cliente de uma loja. Eu já fui embora de lojas por causa de músicas. Uma vez tava tocando Calipso (o único calipso que presta é a bolacha); outra, por causa do Bruno e Marrone. Mas dessa vez o vendedor se superou: queria comprar uma calça, e ele me ofereceu uma que o Latino usa; e que passa nos desfiles da Luciana Gimenes. Aí já é demais.

E para não dizerem que só falo mal das coisas, os últimos 3 filmes que assisti são brasileiros. E bons. São eles: “Tropa de Elite”, O ano em que meus pais saíram de férias” e “A máquina” – este, como o mestre Paulo Autran. E hoje vou ao “Cinemark” (propaganda gratuita), pois serão exibidos vários filmes brasileiros, com ingresso promocional (quando ocorrem boas iniciativas, temos que incentivar). Mas não vou comprar a pipoca, que é muito cara...

E para finalizar. Esses dias fui a um supermercado. Peguei a fila do “caixa-rápido”. Estava gigante, e como sempre poucos caixas para atender. Atrás de mim, havia um velinho bem simpático. Sugeri que ele fosse ao caixa preferencial, este por sua vez, com algumas mulheres com seus nenês de 8 anos no colo; o simpático senhor disse: “Eu vou ficar nessa fila mesmo. Não tenho pressa. Não tenho nada pra fazer mesmo”. E passei os 30 minutos da fila conversando com este simpático velinho. Os velinhos são sempre sábios.

Ivan Sanches

ilsanches@gmail.com
Ivan Sanches
Enviado por Ivan Sanches em 05/11/2007
Reeditado em 06/11/2007
Código do texto: T724771

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ivan Sanches
Santo André - São Paulo - Brasil, 35 anos
141 textos (12547 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 09:59)
Ivan Sanches