Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONSCIÊNCIAS

 


              Parodiando Drumound:
              “No caminho de Lekysha havia uma tia.
              “Havia uma tia no caminho de Lekysha”.

               
                Existe sempre uma “tia referencial ou preferencial”
                na vida  de todos nós.  Irmã de pai ou irmã de mãe.
                Presente, ausente, anjo, demônio co-atuando na Roda
                Impermanente do Samsara, Inferno [Insatisfação]
                até que se manifeste o Nirvana [Paz, Equilíbrio]
                Outro dia um amigo desabafou:
                Existe pesadelo maior que fantasma de tia? Viva ou
                 morta?
                 Hoje, lhe respondendo:
                 - Não existe o pesadelo, o fantasma e nem mesmo
                 a tia. As "sombras" se dissipam quando percebemos
                 atuações de concepções culturais teológicas e
                 metafísicas produzindo sonhos e não Realidades.
                 Então separamos o joio do trigo.

                  Relacionamentos inter-raciais familiares, românticos
                  e até mesmo de amizade, podem resultar às vezes
                  muito complicados e até mesmo impossíveis de
                  evoluírem em harmonia.  Menos pelas diferenças do
                  biótipo e sim pelo total ou quase nenhum conhecimento
                  que um e outro possuem a respeito da própria
                  Antropologia Humana [Homem Filho de Deus –
                  Homem Deus] como também da própria antropologia
                  [origem, cultura] tanto de um como do outro.

                 No Brasil, um país de povos em sua maioria com intensa
                 e agregada fé intuitiva, a convivência entre as
                 diferenças superficiais e aparentes, tem resultado
                 quase passiva e não pacífica.
                 E é aí justamente onde vem residindo o perigo. Pois
                 condescendência por falta de informação, e do
                 Verdadeiro Despertar, não é Harmonia.
                 
                 Necessitamos urgentemente encontrar o nosso
                 “Caminho”.  Nosso “Caminho Suave”.  O Caminho
                 do Conhecimento Verdadeiro. Pois com a globalização,
                 e é bom que a globalização esteja aí, assim teremos
                 todos que nos esforçar para nos Manifestarmos ecléticos.
                 
                 Não de um ecletismo condescendente. Mas um ecletismo
                 que enfatiza o fundamental sem negar o metafísico e
                 mitológico presentes.
                 E que a globalização não seja apena procedimentos
                 para integração de economias e ou mercados nacionais.
                 Uma "americanização""nazismo" "fascismo" "comunismo"
                 do mundo.
                 Nem ameaça e disputa de "governo universal".
                 Mas sim a Evolução do conceito de Amor, Vida,
                 Uma Verdadeira Experiência de Fé Concretizada.
         _________________cxccx________________________
           Lekysha - nome africano feminino que significa popularidade,
           beleza. (Porto Rico)
     
                 


                 
                 
Ângela Ferraz
Enviado por Ângela Ferraz em 07/11/2007
Reeditado em 03/12/2007
Código do texto: T726882

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.angelaferraz.net"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ângela Ferraz
Jaú - São Paulo - Brasil, 64 anos
22 textos (1357 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 00:13)
Ângela Ferraz