Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

........***" COM AS MÃOS NO VOLANTE...., E O VENTO EM MEUS CABELOS"**

.........Liguei o rádio do carro, e estava tocando um conjunto de samba,dos tempos de 1992...,93....., legal....,deixei rolar..., som bom..
gente animada..., vóz  linda..., aliás, os NEGROS são maravilhosos..., a
vóz..., a ginga...., os dentes...., eu adoro uma mulher negra, forte,alí,
cantando....deixei rolar o som no radio do carro, e deixei rolar os pneus
na estrada....
       Nem percebi que meu carro amarelo já estava bem mais que 120..
mas....., deixei rolar....., solto......bem acima de 130 km hora..., bem mais.....rsrsrsrss
      Era uma viagem, dentro de uma outra viagem...., me lembrei dos
tempos em que , não faz muito tempo, mas parece uma eternidade....
Meus cunhados.... e minhas irmãs...., meus sobrinhos, ainda crianças,e
eu, com aqueles cabelos compridos e uma carinha de menino..., era eu...., segurei de leve o volante do meu carro amarelo, e soltei o pé...
     Era como se num certo ponto, onde eu atingisse mais de 200 km/h
eu mandaría embora minha solidão...., com o vento no rosto e nos tais
cabelos que hoje, já não são mais compridos, nem no rostinho que, eu
sei, não é mais de criança....
     Fiz uma coisa, que nem sei se queria, ou se não quería..., vendi a
minha casinha, vendi minha loja, vendi minhas coisas..., e apareceram
outras mais bonitas, novas, melhores....caí em pé.....
     Mas..., eu não  sou assim..., gosto das coisas simples..., faço por
todo mundo, menos por mim....
     O que será da minha casinha...., quem irá morar, derrubar, mudar,
o que acontecerá...., será que paredes novas me trarão minha velha
juventude..., meus cabelos compridos e meu rostinho de criança.....,e
quem serei eu amanhã..., deixei longe a música rolar...., e eu nem aí,
já estava á  mais de 160 km/h...., que delícia.....,que delícia...., sabia
que numa curva, eu podería me espedaçar..., isso me dava uma tesão
enorme.....
    Hoje falei com uma senhora, que tem 3 irmãos deficientes mentais, e ela, não muito saudável, precisa de um óculos, e de remédios..., viu
..., ela tem 3 irmãos deficientes e precisa de remedios..., e eu.......
    É uma porra...., carro amarelo, 170 km/h...., tem uma outra que, o
 fardo é assim: ela é auxiliar de cozinha e ainda coleta papelão..., e me
sorriu...., pegou em minhas mãos e me disse...., que eu sou um anjo..
pois, eu ajudei ela numa coisa qualquer....,talvez uma cesta básica....
    Eu sou um caralho...., uma porra...., sou uma droga..........
    Essa senhora, negra...., linda...sorriu pra mim, pegou em minhas
mãos...., me agradeceu....., depois, ela foi embora, pois tinha que ir
coletar mais papeis para viver...., e eu...preocupado com a nostalgia
da minha antiga casa...., da falta de sucesso com minhas lojas....., e.
ela....., ela sorria....., sem nada...cansada...exausta....., com olhos
vivos....
     Tenho 3 trabalhos...3 empregos..., e ela....rsrsr..ahhhhh,eu sou 1
cara de pau.....
     180 KM/H....., as músicas rolavam longe....., o vento em meu tal
rostinho de 40 anos..., meus  cabelos grisalhos..., minhas mãos...
     Senti saudades das mãos da minha MÃE...., para me acariciar bem
forte....., para pegar em mim....., lembrei do meu PAI, já quando eu
estava á 190 km/h...., até dava pra sentir a presença dele ao meu
lado, como se ELE guiasse meu carro, dando conselhos e fazendo os
arabescos rituais, que ele sempre fazia , para me orientar nas curvas..
     O carro..., a música...., a senhora NEGRA..., a cozinheira com os
3 irmãos doentes, o papelão..., o óculos..., a ajuda..., a estrada, o
som...., as curvas...., a casinha antiga, a casona nova..., as coisas..
meu médico e o pedido de biópsia..., minha análise do meu pulmão....
a cara dos médicos..., olhando pra mim...., e meu sorriso escraxado...
jogando a cabeça pra tras..., e caindo na gargalhada.....
     O que será....., o que tem em meus pulmões....rsrsr....ahhh...esses
médicos....., dirigia e lembrava de tudo...., da ajuda que dei e que, a
senhora negra me agradeceu, do exame do meu médico....,nem ligo..
     O som rolando, a estrada e as rodas do meu carro também..., o
cantor tem lingua presa..., como a minha...., tem charme..., dizem que
eu tenho também....rsrsrs
     CARRO
     PAPELÃO
     SOM
     SAMBA
     LINGUA PRESA...
     OCULOS
     CÂNCER....
     PULMÃO
     200 KM/H...........
 
     Nem ligo...., que se dane o radar....rsrsrsr..., " MENINA BONITA, SABE QUE É GOSTOSA...."...., vai rolando as rodas e o som...., já nem
sei mais.....,fiz essa viagem como se fosse um foguete...., viajei no
tempo...., 1991,1992,1993...........longeeeeeeeee...........
    As mãos no volante...e o vento em meus cabelos....., foi parando,e
entrei na garagem do prédio.....
    Desliguei o  motor....
    Desliguei o rádio......
    Desliguei..............


   * T.
trindade
Enviado por trindade em 07/11/2007
Código do texto: T727427
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
trindade
Blumenau - Santa Catarina - Brasil, 39 anos
387 textos (27678 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 01:23)
trindade

Site do Escritor