Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
COITADO DO ASSALTANTE


INICIO DOS ANOS 80.
NÃO EXISTIA VALE-TRANSPORTE NEM TICKT-REFEIÇÃO; O NEGOCIO ERA CARREGAR MARMITA MESMO.
TODO OPERARIO NOS PRIMEIROS DIAS APÓS O PAGAMENTO, OSTENTAVA SUA MARMITA COM VARIADAS IGUARIAS, QUE IA RAREANDO CONFORME AS FINANÇAS DO CIDADÃO; ATÉ VIRAR: ARROZ, FEIJÃO E OVO.
CHEGA O COLEGA NO SETOR DE TRABALHO, PELA MANHÃ, TRISTE E CABISBAIXO.


“... CHEFE... O SENHOR PODERIA ME EMPRESTAR UM DINHEIRO PARA EU PODER ALMOÇAR?”


“... PORQUE VOCE NÃO TROUXE MARMITA?”

“... O SENHOR NÃO VAI ACREDITAR. SAÍ DE CASA, MADRUGADA AINDA, VOU PARA O PONTO DE ONIBUS, MAS NO CAMINHO EU TENHO QUE PASSAR EMBAIXO DOS GALHOS DE VARIAS ARVORES...”.
DERREPENTE ESCUTO QUE ALGUEM PULAVA DE UM GALHO ATRÁS DE MIM, TENTEI ME VIRAR, MAS ELE ME DISSE... QUIETO! NÃO SE VIRE... ESTOU ARMADO ... TIRE SUA MARMITA DA BOLSA, DEIXE AI NO CHÃO, E VAI EMBORA..”


“... PERDI MINHA MARMITA”.

“... É MEU FILHO, O DESEMPREGO ESTÁ TERRIVEL”,
PELO MENOS ELE VAI TER UMA BOA REFEIÇÃO HOJE”.


“... QUE NADA CHEFE... SÓ TINHA ARROZ, FEIJÃO E OVO...”
joslu
Enviado por joslu em 09/11/2007
Reeditado em 09/08/2008
Código do texto: T729722
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
joslu
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 63 anos
137 textos (33485 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 19:51)
joslu