Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lembrando mães...

Vem aí o dia das mães, todos os anos isso acontece como meio de aumentar o faturamento do comércio nesta época do ano, dizem que o dia das mães só é superado neste sentido pelo Natal.

Claro que isso é um dado matemático de pesquisa e puramente comercial mas dele podemos deduzir a importância e carinho que tem a entidade mãe na sociedade.

Mãe é mais que um ser humano qualquer, mãe acolhe ao filho em seu ventre por nove longos meses, sou pai e presenciei isso e hoje com amigas aqui mesmo bem próximas estou vendo o sofrimento de exames e mais exames, cuidar de outros filhos pequenos com aquele barrigão além do desespero de engordar muitos kg e depois ter de fazer o maior sacrifício pra entrar em forma novamente.

Mãe também tem de dar o leite e ficar com os bicos rachados e doloridos pelas mordidas do neném além de passar óleo de amêndoas na barriga e seios pra não ganhar um monte de estrias.

Hoje as coisas estão mudando um pouco, mas me lembro bem que no meu tempo de infância as mães ficavam o dia todo cuidando da casa, da comida e de deixar as crianças arrumadas pra escola, pra deitar etc.

Lembro-me do esforço de minha mãe quando mesmo atingida pelo câncer que a corroeu e levou deste mundo tão cedo, querendo sempre que tivéssemos um delicioso prato no domingo ao menos, muitas vezes a via apoiar-se ao não ter forças para rodar a manivela de sua máquina de fazer macarrão, ou queimar as mãos pegando folhas de lasanha pelando da panela com água fervente.

Lembro-me perfeitamente dela comprar e distribuir presentes aos médicos e enfermeiros que cuidaram dela em São Paulo ao sair do hospital já desenganada para morrer em aqui em São José dos Campos.

Lembro-me também dos textos que deixou em um caderninho de anotações só encontrado após sua morte pedindo à minha irmã mais velha que não descuidasse de seus irmãos mais novos e de sua preocupação com meu irmão que aprontava muito como adolescente.

Acho que todos tem muitas coisas boas para se lembrar de suas mães por todo o carinho que nos deram ou dão e por isso acho muito justo que seu dia seja o mais lembrado entre as datas do comércio.

Eu também vou prestar minha homenagem, levando ao cemitério palmas brancas e amarelas que eram suas flores prediletas.

Mas nesse momento me vem a mente que tenho de pedir cuidados a todos pela nossa mãe natureza que tantas coisas boas nos dá para que possamos viver e que a cada dia vem sendo mais e mais sacrificada e desprezada.

Feliz dia das mães.

 
São José dos Campos, 10/05/2006
Renato Zecca
Enviado por Renato Zecca em 10/11/2007
Código do texto: T730982

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Renato Zecca). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Renato Zecca
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
257 textos (80661 leituras)
6 áudios (23704 audições)
2 e-livros (186 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 07:18)
Renato Zecca