Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desperte Amor!
 
A manhã está fria,
mas desperte amor!
Se enrole num cobertor,
venha nua.
Deixe aí minha cueca e sua calcinha,
ainda emboladas, nesse cantinho,
testemunhas de nosso amor.
Desperte meu amor!
Venha ver que linda manhã
Venha ouvir comigo os passarinhos avisando
que a lua já foi dormir.
Venha ver o barrado do sol nascendo,
as flores se abrindo...
Venha ver as borboletas saudando o sol.
Venha comigo, amor,
ouvir as abelhinhas cantando e agradecendo
o dia em que você nasceu.
Pois nesse dia, meu amor...
nasceram todas as flores.
Augusto Servano Rodrigues
Enviado por Augusto Servano Rodrigues em 11/11/2007
Reeditado em 12/11/2007
Código do texto: T732308

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Augusto Servano Rodrigues
São Paulo - São Paulo - Brasil, 69 anos
156 textos (50584 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 08:55)
Augusto Servano Rodrigues