Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BUROCRATIA TANTUM


Instituto de Letras (Escondidas), Artes ( mas que Artes?)  e Comunicação (com o Satanás). O mundo está em evolução. Na Europa se faz assim! Na Cochinchina ninguém diz isso! Em Paris já caiu da moda.

Ai Deus, ai flores, quantos dissabores! Longe vai o velho tempo da Já Era Faculdade de Filosofia. Nem queiram saber, a faculdade está passando por uma série de reformulações, de mudanças, enfim é uma mutação para nova conotação, novo condicionamento e não menos novo comportamento. Quem te viu, quem te vê. Ah! terrível abalo nas esferas das letras.

 O homem vai à luta e nós precisamos também alunisar, isto é, simbolicamente falando e escrevendo. E, viva o simbolista que tem licença para dizer tudo. É o agente secreto 00-ABCD com permissão para falar. Vê só que sutilidade! Temos de preparar a nossa Estação Espacial e como, de que maneira e modo será bela, cheia de floreios, hipérboles, regras gramaticais, sintaxe e sons especiais da fonética ecoando pelas estrelas. Então, será dada razão a Olavo Bilac! Mattoso Câmara, o homem dos  tês, será o comandante da nave no primeiro vôo ao espaço prefixal. Outros dois o acompanharão nesta estilística missão.


Mas, afinal, meus queridos lunáticos deste hospício disfarçado, vamos tomar conhecimento das modificações que farão da Universidade de Sergipe, uma entre as dez mais, mais o Quê?

1. A ex-faculdade de Filosofia (aprenda a nova denominação!) está desmembrada (sem membros, desarticulada) ou melhor, dividida em ramos (é um arvoredo podado).

2. Os professores deverão ter suas pastas-quadradas como seus pensamentos e, dentro delas todo o material necessário, inclusive formulários de pedidos, cupons, endereços, folhetos, etc, para a nobre missão de representante de livros.

3. Cada macaco no seu respectivo galho. Seu Nélson e D. Maura não desfrutarão mais da regalia de criar camaleões no jardim da casa, a fim de que esta não tome os ares de um vulgar quintal ou zoológico. Por falar nisso, é bom observar que agora, como nos campos minados, os canteiros estão aramados.

4. Para maior estudo e pesquisa científica nas traças do arquivo onde está registrado o Q.I. (quociente de insalubridade) dos universitários, estes não devem perambular pela secretaria. Para melhores resultados já se mandou confeccionar um cartaz com os dizeres: “Se nada tens a fazer não o faças aqui”.

5.  Haverá um ciclo de palestras com os seguintes temas:
a)  De como andar no nosso novo prédio sem se perder;
b)  Cuidados especiais com os novos bebedouros;
c)  Não pise na grama. Ela fará bem aos burros do porvir;
d) Leitura Dinâmica para aprender a ler os livros da Biblioteca sem pagar cinco cruzeiros de multa por dia de atraso.


Ficam estabelecidos os seguintes preceitos:
a) Os professores de Língua Francesa, de vez em quando, terão de pronunciar “allors” e “parce que” para serem mais convincentes;
b) Aos de Língua Inglesa caberá a incumbência de treinar os alunos em “good mornings” com cheiro de dia amanhecendo e articular foneticamente “A time for us” como o fez o magnífico John Mathis.

Aracaju, 1969 ou 1970
TÂNIAMENESES
Enviado por TÂNIAMENESES em 12/11/2007
Código do texto: T733793
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
TÂNIAMENESES
Aracaju - Sergipe - Brasil, 69 anos
1682 textos (175344 leituras)
1 áudios (102 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 21:00)
TÂNIAMENESES