Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Isto Não É Um País

Democracia e só uma palavra
O povo está só
As máfias governamentais
Circulam ao nosso redor
Somos somente cabeças
Gerando beneficios para os poderosos
Eles tem salarios grandes e fazem usinas atômicas
Enquanto perdemos os direitos  nossos
Eu não tenho um país
Apenas minha gente sofrida
Que batuca em panela vazia
E Reza para um dia ser feliz
Meu amor isto não é um país
É apenas minha gente trabalhadora e sofrida
Dando o melhor de si nesta vida
E rezando para ser feliz
Material radioativo
Essas pessoas carregam nas mãos
Pode ser absurdo, calamidade
Mas é que falta educação
Indios queimados
Juventude esquecida
Velhos no asilo
E probres na prisão
 Meu amor isto não é um país
É apenas minha gente trabalhadora e sofrida
Dando o melhor de si nesta vida
E rezando para ser feliz
Eu não tenho um país
Apenas minha gente sofrida
Que batuca em panela vazia
E Reza para um dia ser feliz
Há miséria de um lado
Há fartura do outro
Escondem nos a verdade
Destroem nosso povo
Um dia eles vão saber
Que dependem de nós para vencer
Eu não tenho um país
Apenas minha gente sofrida
Que batuca em panela vazia
E Reza para um dia ser feliz
 Meu amor isto não é um país
É apenas minha gente trabalhadora e sofrida
Dando o melhor de si nesta vida
E rezando para ser feliz
Seremos o país do futuro
Enquanto existir futuro
A cada dia pessoas morrem
Nesse lugar sem lei e inseguro
Não há saúde, há sobrevivencia
Passamos do descobrimento para decadencia
Sem saber o que é o apogeu
Deus tenha pena dos filhos teus
 Meu amor isto não é um país
É apenas minha gente trabalhadora e sofrida
Dando o melhor de si nesta vida
E rezando para ser feliz
 Meu amor isto não é um país
É apenas minha gente trabalhadora e sofrida
Dando o melhor de si nesta vida
E rezando para ser feliz

©2007*Marcos Menezes de Almeida*(Todos Os Direitos Reservados)
Marcos Menezes de Almeida
Enviado por Marcos Menezes de Almeida em 13/11/2007
Código do texto: T736106
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Menezes de Almeida
Aracaju - Sergipe - Brasil, 32 anos
361 textos (17594 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 08:19)
Marcos Menezes de Almeida