Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sofrimentos,traições,amor próprio...

     Quando nesta vida passamos por muitas dificuldades,na maioria das vezes,nos sentimos injustiçados por passar por tal situação. E vem sempre a clássica pergunta: Por que eu? Porque estou a passar este tipo de situação se todos os meus pensamentos são bons e minha intenção nunca fora de ferir quem quer que seja!A lei de ação e reação nos diz que nossas ações tem por força de sua própria natureza despertar ou acionar uma outra com força igual ou maior.Partindo deste raciocínio lógico(que é outra força que não se aplica em nossa existência ),se fiz o mal, consecutivamente irei colher uma respota ruim para minha vida. Mas se fiz o bem também,partindo do mesmo príncipio da lei de ação e reação,colherei os bons frutos de minha semeadura.Mas não é assim. Grandes figuras que doam-se em função de outros também sofreram,O caso mais clássíco é de Jesus de Nazaré.Que dispensa comentários. Então voltamos ao principio de nossa indagação.Porque as pessoas boas sofrem,ou são atingidas por atos ruins em suas vidas? Nas doutrinas ou filosofias religiosas,embora haja muita divergência,encontramos algumas explicações. Nesta dicotomia Espirito ,corpo ,encontramos algumas explicações e ou teorias que procuram definir ou explicar tal situação.
O carma não é um advento do espiritismo, As religiôes orientais,já conhecem e utilizam este princípio há milênios,principalmente as religiões existentes na India.Mas ao acatarmos ou usarmos esta expressão ,carma,ou cármica nos arremete a outra situação ainda mais complexa...Reencarnação...E quanto mais especularmos,mais complexa fica este entendimento e esta divagação que pré-supomos ser filosófica.Mas uma  coisa somos unãnimes em dizer, o sofrimento não é coisa muito boa.Principalmente, quando este é no campo emocional. E dificilmente algo desestrutura mais o indíviduo que uma decepção emocional.Somos movido essencialmente pela emoção, ou floreando, pelo coração. Quando estamos amando, e sendo correspondido,tudo é bonito,as cores de tudo se acentua,nos remoçamos,as dificuldades são enfrentadas com mais força e vemos luz em tudo que fazemos. Mas quando essa coisa nos atinge pelo contrário,ou quando estamos,ou somos mal amados,tudo é dificil,viramos um chato a  incomodar,ainda mais quando somos vitimados pela traição,embora isto seja muito mais sofrido quando vem da  pessoa que você gosta ou ama, lhe deixa para estar com outra pessoa,pois na verdade é muito mais que isto,pois é uma quebra de confiança,sim toda a confiança que você depositou no outro é quebrada,deixada de lado,não valorizada,ai a dor é maior. Mas continuando nesta abordagem vem a pergunta interessante...Tem cura? Sim tem! Partindo do principio de ninguém é de ninguém,que não somos  propietários de ninguém, e que não controlamos o caráter também de ninguem,coloca-se algo de suma importancia. Aquele que traiu,o fez a si mesmo.Pois o outro deu seu amor,conseguiu  amar,amou.Aquele que não quis.Não quis.Perdeu.E uma  perda é sempre algo muito tuim.E a vida cobra sempre seu ônus. E é cíclica.Hoje estamos num ponto deste ritmo cíclico..Ou seja sofrendo e amanhã!Poderá ser quem lhe fez sofrer.
O importante de tudo isto somos nós.Nosso coração.Nosso amor próprio.Quando jogamos pérolas aos porcos é natural que eles pisoteiem. E numa relação,por mais inocente que sejamos...Sabemos com quem estamos lidando,ou se doando.Em suma vamos até onde achamos que dá..Quando não der mais...Paramos, haverá alguém especial a lhe esperar. Que saberá dar lhe o valor que você sempre esperou...É só acreditar....Acredite e vai alcançar...
   
                              Gilmar
                                              14/11/2007
Gilmar Santos
Enviado por Gilmar Santos em 14/11/2007
Reeditado em 09/03/2008
Código do texto: T737300

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilmar Santos
Planaltina - Distrito Federal - Brasil, 59 anos
696 textos (113912 leituras)
53 áudios (5041 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 23:00)
Gilmar Santos