Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Arriba La Esquerda

          Nesses últimos tempos a América Latina vem sendo sacudida por um turbilhão de fatos e se podemos citar um estopim para esse “alvo”, sem dúvida alguma este o seria “Hugo Chavez” – Presidente da Venezuela que não baixa guarda aos acostumados Estados Unidos.
           Uma série de mensagens circulando pela internet de estudos realizados pelos Estados Unidos sobre política Latino Americana apontou até mesmo um possível golpe de Estado por parte do atual presidente Luiz Inácio Lula da Silva que manipularia a legislação vigente para manter-se por mais quatro anos no poder. O mesmo documento também aponta Fábio Luiz Lula da Silva, o “Lulinha” como um dos acionistas de destaque da Rede Bandeirantes de Televisão, cujo relatório afirma ser uma forma visionária do presidente para manipular um canal televisivo ao adquirir majoritaridade.
Mas, qual será de fato o interesse desses “organimos indiretos” estadunidense em alertar o povo brasileiro? Bem simples. O poder Americano não pode sofrer ameaças.
          Uma coisa que não devemos esquecer é que tanto Chavez quanto Lula são de partidos de esquerda. Venezuela e Brasil assumem um papel gigantesco na América do Sul.
          Venezuela país integrante da OPEP (Organização dos Paises Exportadores de Petróleo) tão contrária as políticas neoliberais estadunidenses, é sem dúvida alguma uma pedra no sapato dos Estados Unidos que possuem a maior frota de carros veiculos dependes de petróleo do mundo. Sem esquecer é claro que Bush pai é dono de uma das maiores petrolíferas do planeta, a Pennzoil.
          Lula, “novo magnata do petróleo” como chamou Chavez após a descoberta da nova bacia de petróleo de Santos, que eleva o Brasil aos Estados com grandes reservas no mundo, preside o coração da América do Sul, Brasil. Economia crescente, amplos investimentos em setor estratégicos para avanço do país e é claro o indispensável apoio popular.
         Quem não se lembra porque o Estado de Bush financiou os golpes militares na América Latina? Simples. Os governos populistas incomodam e contrariam "o necessário sorriso americano". Vargas, nacionalista; Kubstichek, liberal e até mesmo um militar Costa e Silva, primeiro presidente do Regime Militar, morto misteriosamente "por ventos alíseos" quando sobrevoava sua propriedade. Todos eles cada um em sua ideologia catucaram a "ferida intocável" e pagaram como a própria vida.
         Esse populismo todo por parte tanto de Lula quanto de Chavez não cheira muito bem as narinas ala Norte do globo que se notar que a Esquerda Sulamericana crescer ainda mais e o Mercosul consolidar-se ainda que a duras penas, poderemos ter o intervencionismo Americano ainda mais pungente que apenas articular politicamente quanto estaremos sujeitos a intervenções militares, tal qual Afeganistão, Iraque. Afinal de contas, se somos o “quintal dos donos mundo” nada mais rentável que explorar nossas reservas aqui no mesmo continente que importa-las do Oriente Médio. Se eles já ensinam suas crianças desde a sexta série que a Amazônia é uma área internacional de sua influência, imaginem o que não fariam como os novos “estraga prazeres” do momento-futuro Brasil e Venezuela.
         
Michael Wendder
Enviado por Michael Wendder em 15/11/2007
Código do texto: T738820

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Michael Wendder
Três Lagoas - Mato Grosso do Sul - Brasil, 28 anos
108 textos (4269 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 08:45)
Michael Wendder