Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Livros na mesa


Estamos os três a uma mesa na calçada da Pastelaria do Lee, em Marechal Hermes. Não se conversa. Não viemos aqui para conversar.

Eu bebo uma tônica e folheio um livro recente de Claude Ribbe — Le crime de Napoléon. Declara o historiador: "O crime a que me refiro é exatamente aquele que a partir de 1802 foi cometido contra os africanos e as populações de origem africana deportados, escravizados e massacrados nas colônias francesas." Podem acreditar que o homenzinho sinistro sai dessa história em farrapos.

Miloca, ao meu lado, deixa o seu copo de cerveja esquentar e lê com avidez uma biografia de Simón Bolívar, imaginando que vai rolar uma recompensa por parte do governo venezuelano para quem descobrir que assassinou ou mandou assassinar o grande libertador. De outra mesa, fingindo um alheamento irritante, o gaiato do PCdoB que lhe emprestou o livro acompanha as reações de sua nova pupila. Esse já está no papo do socialismo do século XXI.

Águia Negra beberica o seu martelinho de pinga e passa as páginas de um livro sobre o Mengão. De tempos em tempos, suspende a leitura, olha para mim com cara de assombro e diz que gostaria de ver o Joel Santana no lugar do Dunga. Descobriu a pólvora.

Como vêem, tarde de feriado das boas. Boteco, leitura e silêncio cabeça.

[17.11.2007]

Luiz Guerra
Enviado por Luiz Guerra em 17/11/2007
Código do texto: T740741

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Luiz Guerra, www.galhodearruda.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz Guerra
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 69 anos
166 textos (17253 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 20:33)
Luiz Guerra