Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perigo em Fortaleza

Escrever sobre as coisas do mundo me parece chover no molhado, pouco há a ser feito para se mudar o que está aí. A grande mudança precisa ser feita no nosso interior, para que alguma mudança possa ser efetivada no orbe. Mas existem momentos em que somos chamados à responsabilidade física e precisamos nos manifestar e este é exatamente o caso. Outro dia eu e minha esposa fomos surpreendidos em um dos Shoppings de Fortaleza por um grupo de assaltantes, e fomos salvos por dois senhores que estavam conosco dentro do elevador, sim, dentro do elevador.

A situação aqui em Fortaleza é cada vez pior. Está difícil parar nos faróis, em muitos pontos da cidade, assim como está quase impossível se andar a pé nas ruas. Os assaltantes agem de bicicleta ou a pé mesmo, roubam as vítimas e saem sem serem molestados. Fico pasmo de ver uma cidade como a nossa, que vive em grande parte por conta do turismo viver esta situação e fazer quase nada para solucionar este gravíssimo problema. As nossas autoridades parecem que vivem em outro país e fazem nada a respeito destes acontecimentos. Os desocupados andam por aí, assim.

Há uns meses atrás eu fui assaltado na beira-mar a pouco mais de dez metros de distância de dois policiais que deveriam estar ali para nos proteger. Depois do assalto eu fui reclamar com eles e o que ouvi foi: isto é da alçada da polícia civil. Perguntei aonde se encontra a polícia civil, e eles me informaram que ela estava ali até na semana passada ao evento e que haviam mandado um “poderoso” que andava de bicicleta na calçada descer e foram detidos, por que o homem era amigo da prefeita. Como pode isso estar acontecendo numa cidade linda como a nossa cidade, como?

Agora me digam vocês, meus amigos e leitores, ao olhar de vocês, alguma coisa pode ser feita no nosso mundo sem uma mudança de consciência de todos nós? Este é o momento de nos empenharmos fortemente na solução de nossos problemas. Os bandidos também são vítima de toda esta situação, nunca a nossa sociedade fez nada para solucionar o problema deles, quando ainda era tempo. Eles sempre foram tratados como marginais e hoje, as coisas estão se invertendo de tal forma, que daqui a pouco nós seremos os marginais no mundo, pois marginal é quem está à margem, assim como estamos agora.
Rick Steindorfer
Enviado por Rick Steindorfer em 19/11/2007
Código do texto: T742940
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Rick Steindorfer). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rick Steindorfer
Águas de São Pedro - São Paulo - Brasil
3533 textos (526394 leituras)
33 áudios (94904 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 13:52)
Rick Steindorfer