Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Viciada... Será?

Não sou uma pessoa viciada em refrigerante, raramente bebo, mas quando bebo é para valer, mas é só coca cola, quando estou a fim chego a tomar até três copos seguidos, uma verdadeira overdose.

Sabe quando você empina o copo e toma de guti, sem parar para respirar, fica com os olhos cheio de lágrimas, é bem assim que eu faço. E aí passa a vontade, fico mais uma ou duas semanas sem colocar uma única gota de refrigerante na boca.

 Tenho amigos que precisam da coca, conheço uma que de café da manha toma um copão bem cheio, assim também sem ao menos respirar, e outro que levanta de madrugada, protagonizando uma cena mais ou menos assim:

 Cabelo despenteado, ele é do tipo que acorda com o cabelo esculpido, permitindo que se saiba exatamente em que posição estava dormindo se com a cabeça espremida no travesseiro do lado direito ou do esquerdo, então vem caminhando no escuro, arrastando os pés e coçando o umbigo, abre apenas um olho para evitar que desperte totalmente, e vem tateando o caminho que ele sabe de cor como é, mas mesmo assim vem tateando, por que sempre tem um canto de porta para esbarrar-mos no escuro.

 Ainda tateando abre a geladeira aperta um pouquinho mais olhos, a luz da geladeira pode ser fatal, e acorda-lo, pega a garrafa, ele sempre tem duas lá, não tem água nem comida, mas a famigerada coca esta lá, e toma direto no gargalo, feito um perfeito viciado, então volta satisfeito para continuar o seu sono, e isto é toda santa noite, não falha uma.

Mas amigo... Eu já fui assim também, quando estava grávida não podia faltar à coca, tomava muito, muitas vezes acordava meu marido lá pelas quatro da manhã para que ele abrisse a garrafa para mim, por que sempre quando estava mais desesperada a maldita garrafa emperrava, não tinha cristo de abrir, eu tentava , torcia , pegava o pano da louça e forçava, mas invariavelmente era ao homem da casa que eu recorria isso era sempre à noite, nas madrugadas.

Depois durante o dia eu passava tomando leite, por que coca cola para grávida se tomada em excesso pode ser um veneno, prejudica na absorção de cálcio, o que trás incômodos para a mãe e também para o bebê, então eu passava o dia tomando o antídoto, a fim de combater o veneno ingerido a noite.

Então, não tive nenhum efeito colateral, e meu filho não saiu com cara de coca cola, meu marido pode até ter ficado traumatizado, com os sustos que eu pregava nele na madrugada entrando correndo no quarto e sacudindo dois litros de coca cola bem na cara sonolenta dele, mas para sorte este era meu único desejo, e afinal não era tão difícil, bastava ele girar uma tampa e voltar a dormir enquanto eu ficava ali bebendo.

 E eu, tenho certeza que muita gente faz a mesma coisa, levanta à surdina na madruga, pra matar esta sede, ou então degusta um copão bem cedo logo ao acordar. Então colegas, acho que somos normais...

Simone Mottola
Enviado por Simone Mottola em 22/11/2007
Reeditado em 23/11/2007
Código do texto: T747998

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Simone Mottola
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 47 anos
193 textos (20993 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 19:41)
Simone Mottola