Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O QUE É AMAR?

Há poucos dias uma pessoa me fez esta pergunta.
Pego de surpresa, eu, que nunca pensara que um dia a ouviria, me pus a dizer como me sentia, a respeito deste verbo que, algumas vezes, foi conjugado por meu coração. Sim, conjugam-se verbos além da forma gráfica ou oral.
Não acho que seja algo que se possa definir, tampouco ensinar. Amar é um estado de espírito, enquanto o amor é um sentimento real, às vezes quase tangível.

Você sabe que está amando quando...
A saudade, substantivo abstrato cujo nome só existe em nossa língua, começa a doer como chaga aberta no peito.
Por mais egoísta que seja, deixa de pensar em si e o outro se torna o foco de seus pensamentos, a ponto de se direcionarem todos para aquela pessoa, vinte e quatro horas por dia. Você come como se ela estivesse ao seu lado; procura-a na cama ao acordar; movimenta-se dentro de casa como se ela observasse seus movimentos; ao sair apronta-se para ela, mesmo sabendo que não a encontrará; caminha pela rua como se juntos estivessem; deseja partilhar com ela cada minuto, cada experiência que vive, assim como as já vividas. Enfim, você não apenas deseja, mas descobre que aquela pessoa já é parte de sua vida, de seu ser.
Ao se deitar, você o faz pensando nela e, mesmo que não se programe para isso, o que é perfeitamente possível, sonha com ela várias vezes na mesma noite, todas as noites. E ainda acorda abraçado ao travesseiro ou às cobertas, como a envolvê-la nesse abraço.
Diante de algo que o desagrade ou incomode, tenta pensar e se comportar como ela o faria em seu lugar, pretendendo agradá-la com esse comportamento, se mais equilibrado que o que teria espontaneamente, mesmo tendo a certeza de que ela, provável e possivelmente, não o saberá.
Evita praticar atos e ter atitudes que a desapontariam (e se, por descuido ou deslize, o faz, revolta-se e se dispõe a contar tudo a ela e se penitenciar), apesar de sabê-la a milhares de quilômetros e estar certo de que jamais venha a ter conhecimento disso.
Procura adquirir hábitos semelhantes aos dela, gostar do que ela gosta, aprender o que ela sabe, mesmo que isso não lhe tenha sido pedido.
Você procura viver o outro e deseja que isso seja recíproco, porque quem ama é assim mesmo, não quer viver a vida do outro, mas o outro.

Em minha humilde concepção, quem tem um, apenas, dos comportamentos acima, está amando intensamente.
Quanto a mim, confesso que ainda faltaram algumas qualidades do amante, que me esqueci de relacionar.

E para você, o que é amar?
Júlio Marques
Enviado por Júlio Marques em 23/11/2007
Reeditado em 13/11/2012
Código do texto: T749440
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júlio Marques
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 63 anos
88 textos (10998 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 11:30)
Júlio Marques