Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CINQUENTONA ,CINQUENTÃO -o cotidiano não pornográfico-

Nào , não é uma crônica pornográfica, não.Escrevo sobre a sobrevivência ou não do amor na relacão mulher/homem a medida que
ambos estão se aproximando ou já estão na casa dos cinquenta anos de idade.
Recentemente ouvindo um programa esportivo em determinada emissora do Rio de Janeiro, uma ouvinte mandou um e-mail para o locutor dizendo estar apaixonada por ele e que tinha 52 anos de idade. Pois bem, ele na lata respondeu:"cinquentona só se tiver
muita grana.Meu negocio é mulher de 30 a 35 anos".Caso contrario prefiria ele continuar sozinho e duro.O tal locutor tem 56 anos conforme ele disse posteriormente. No outro dia , lá pelas tantas da madrugada e com uma insônia infernal, liguei o rádio , na mesma emissora e lá estava sendo apresentado um programa com participacào de ouvintes. Ligou uma mulher dizendo ter 50 anos de idade a procura de um companheiro. Dizia ela que o pretendente teria
que ter idade entre 50 e 70 anos e ser estabilizado financeiramente, para dar sustentabilidade e tranquilidade a ela e uma filha de 18 anos.
Como não dormia mesmo, me lembrei do caso anterior [do locutor esportivo] e fiquei a matutar sobre a como anda o verdadeiro significado do amar, no relacionamento, ou pelo menos o desejo de ,entre pessoas cinquentonas.Confesso que fiquei intrigado
com o que ouvi nos dois casos.
Estranho é o ser humano.Na juventude quando a imaturidade se faz presente, o amor é o grande motivador da união entre homem/mulher.
Motivo até de grandes tragedias.E de grandes dores.
Será que com o passar dos anos, com o amadurecimento conseguido pelos acontecimentos da vida, o amor vai perdendo o significado na relacão? Será que vai se fortificando apenas o desejo sexual no homem
e por isso o faz procurar mulheres muito mais jovens,para mostrar virilidade? E a mulher ? Será que apenas a preocupacào com a estabilidade financeira para o
seu presente e futuro? Seriam estes o norte para se consolidar ou tentar estabelecer novas uniões na idade madura? Será que o envelhecimento faz com que
homem e mulher se distancie do amor? Perdeu-se o elo  verdadeiro do amar? Então qual seria o verdadeiro e real significado do ato de amar
entre homem e mulher cinquentões ou proximos disso?
Não sei responder a nenhuma dessas perguntas. Não acompanhei tal  "evolucão"em meu envelhecimento, pois ainda considero o amor, o
ato de amar a essência do relacionamento a dois, não importando
idade ou dinheiro.Coisa de sonhador romântico diriam alguns.
Mas de coisas eu sei, baseado nos fatos acima e no cotidiano de nossas vidas atualmente:
A maioria de homem cinquentão  com grana ou sem grana,quer mulher bem mais jovem do que ele.
A maioria de mulher cinquentona, principalmente sem grana, quer
homem com grana , não importando a idade .Talvez quanto mais velho melhor.
O homem cinquentão com grana vai conseguir ter a mulher desejada.
A mulher cinquentona com grana vai conseguir ter o homem desejado.
A mulher cinquentona dura vai continuar no só querendo.
O homem cinquentão duro vai continuar no só imaginar.
Ambos confinados na mais pura solidão, quando poderiam estar compartilhando entre si o amor.

MARVADO-231107


MARVADO
Enviado por MARVADO em 24/11/2007
Reeditado em 25/11/2007
Código do texto: T750082

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MARVADO
Americana - São Paulo - Brasil, 64 anos
69 textos (5411 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 13:56)
MARVADO