Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Às vezes solidão

Às vezes precisamos ficar sozinhos. Sem ninguém por perto, apenas a sós, no nosso cantinho. É o momento em que podemos gastar nosso tempo com nós mesmos, com as nossas leituras, com as nossas músicas, com as nossas reflexões, com as nossas loucuras, com as nossas conversas com a parede, enfim, com todas as nossas coisas. Sem ter nada, nem ninguém que nos atrapalhe.

Embora muita gente pense que estar sozinho é motivo de tristeza eu, particularmente, discordo e acredito que às vezes nos faz muito bem a solidão. Afinal, tem coisa melhor do que nós mesmos? Só um louco mesmo, que não tenha amor por si, para não se sentir maravilhosamente bem na sua própria companhia.

Porque eu com eu mesma, posso cantar no chuveiro, chorar sem motivo, andar pelada pela casa, dançar em frente ao espelho, falar sozinha e dar muitas gargalhadas a troco de nada. Posso viver a minha vida da forma que eu quiser, fazer o que eu quiser, do jeito que eu quiser e na hora em que eu quiser.

Posso me encontrar comigo mesma, me conhecer melhor. Posso me conscientizar das minhas fraquezas e aprender a superá-las.Posso ver minhas virtudes e enxergar meus defeitos. Posso ver meus acertos e reconhecer meus erros. Posso perder o juízo ou ficar tranqüila.

Posso pensar em mim mesma, no meu dia-a-dia, nas horas felizes e nas tristes, nas coisas que deram certo e nas que deram errado, e tirar um aprendizado de cada uma delas. Pois, com certeza, cada momento vivido serve para, de alguma forma, nos fazer crescer e evoluir um pouco mais.

Mas, acima de tudo, eu com eu mesma, posso ser assim do meu jeitinho,sem as máscaras e capas que o mundo, às vezes nos obriga a adotar. E é exatamente por isso que afirmo que, às vezes solidão, nos é essencial.

É claro que dependemos uns dos outros e não estou dizendo o contrário. Mas nossa solidão é importante sim. Porque solidão não é estar sem ninguém, mas sim uma oportunidade que temos de estar com nós mesmos e reconhecer que vale a pena viver, amar e sonhar.
Gigi Consoni
Enviado por Gigi Consoni em 23/11/2005
Código do texto: T75232
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gigi Consoni
Gravataí - Rio Grande do Sul - Brasil, 32 anos
7 textos (834 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:28)
Gigi Consoni