Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MAS TAMBÉM ME LEIO

MAS TAMBÉM ME LEIO
Marília L. Paixão

Eu gosto de escrever
Para a Alexandra
Para a Tânia
Para a Zélia

Eu gosto de escrever para as meninas que passam do outro lado da tela.

Eu gosto de escrever para os meninos
Que me escrevem sorrindo
Como poetas divinos vindos de alguma Divinolândia
 Com suas auréolas magníficas

Eu gosto de escrever para gente
 In
Te
Li
Gente.

E neste interno meio
 Onde eles me socorrem
     Me colorem, lambuzam-se
        E gostam das minhas cores...
Eu me interno branca

Só para tentar ficar um pouco bonita como eles

Mas se os direitos humanos reclamarem da cor que escolhi
Digo que já tenho um namorado preto
Se ele não mora mais em meu coração não fui eu quem escolhi.

A partir daí volto a homenagear as moças
E também a Olímpia
A rosa
Mesmo sem pena
Mesmo se tiver espinho

Por que agora eu estou escrevendo é para mim
E nem vou lembrar de todos os nomes que eu amo
Eu que apenas escrevo, nem declamo e nem canto
Mas também me leio.

Se isso não é crônica pelo menos é um gosto meu
O meu Dirceu faz tempo que o gato comeu
Quando escrevo, escrevo até a mão que passo em meus cabelos
Quem me lê que faça a mesma coisa contente

A vida fica mesmo diferente quando um outro bate as letras no liquidificador
Quem gosta pega um copo e espera por perto
E assim cada um acaba provando um pouquinho
Se não gosta, também não dói nada.
Marília L Paixão
Enviado por Marília L Paixão em 27/11/2007
Código do texto: T754764

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marília L Paixão
Pouso Alegre - Minas Gerais - Brasil
1072 textos (136851 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 11:37)
Marília L Paixão