Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sinceridade...Porque sempre fico em maus lençóis?

 Meu filho de oito anos é da categoria de base do Inter. Foi selecionado agora, questão de dois meses atrás.

 Neste fim de semana, teve sua primeira convocação para jogar. Saiu cantando junto com os outros convocados, felizes com o sorriso lá na orelha. Num acesso de sinceridade ele diz, em alto e bom tom:

 - Tirei o lugar do Glenio!!!!

O menino citado era o volante, o técnico o substituiu pelo Henrique.
E eu?
Fiquei feito um sorvete italiano, sabe qual é? É aquele em que o sorveteiro coloca a casquinha em baixo da torneirinha e ele vai saindo com dois sabores juntos Pode ser creme e morango, chocolate ou creme, e creme ou uva.  . O sorveteiro vai girando e ele vai ficando igual a um chapeuzinho de palhaço, colorido conforme o sabor que escolhemos.

 Pois bem foi assim que fiquei, branca, roxa e gelada!! Depois branca e vermelha!! E com cara de palhaça.
Os pais esperavam pelos craques do lado de fora do vestiário. E certamente os pais do garoto deveriam estar por ali, bem pertinho de mim!!! Nem olhei para os lados, por via das dúvidas.

Bom, o que fazer?
Primeiro olhei para o meu filho e lhe dei os parabéns pela convocação. Depois expliquei a ele que futebol era assim, hoje ele estava feliz por “ter tirado” o volante, mas amanhã ou depois ele poderia estar triste por outro tirar sua vaga. Deveria estar preparado tanto para sorrir quanto que para chorar.

 Eu particularmente, prefiro não vê-lo chorar. Mas aí já é outra história, por enquanto ainda estamos vibrando com a novidade e com o desempenho dele no jogo. Por que ele ainda esta sorrindo, vai jogar no próximo!
Simone Mottola
Enviado por Simone Mottola em 27/11/2007
Reeditado em 04/12/2007
Código do texto: T755014

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Simone Mottola
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 47 anos
193 textos (21024 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 09:47)
Simone Mottola