Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Corinthians na Degola

 

 

            Creio que São Jorge está com as barbas do dragão no molho. Nunca vi, em gramados, tão grande tortura. O campeonato, que o valha pontos corridos, ganhou vibrantes contornos. Saudado o justo campeão, resta o olhar voltar-se ao campo inferior da tabela. Desperta-nos o lado mórbido. O que, de outra forma, justificaria nossas aglomerações em torno de acidentes urbanos:

            - E aí, alguém morreu?

            A turba de todas as cores torce pelo tropeço corintiano. Ver um gigante desabar é algo que nos encanta, desde que Davi tombou a Golias. Foi o primeiro rebaixamento registrado em texto sagrado. O poderoso desceu ao inferno. E lá, nas labaredas da Segundona, o timão será saudado com apupos calorosos.

            Podemos ver a renda das partidas subir. Estádios lotados. O Corinthians será a sensação. Quando o Fluminense baixou, a segundona virou sensação. Até o Fantástico citava a agonia tricolor. Purgar no inferno pode seduzir mais a atenção do público do que tocar harpas no paraíso. E não é que precisaram virar a mesa, visto o Flu descer ao último dos infernos? O Pó-de-arroz voltou, via portas do fundo, à tropa de elite do futebol.

            Não creio, apesar de tudo, que o Timão vá à degola. Sinto decepcionar São Paulinos e Palmeirenses.

            - Mas o Timão joga fora e pega o Grêmio?

            Concordo, mas do outro lado está o Goiás, com menor tradição e que não vem batendo em ninguém. Os times do sul, graças a um capricho do destino, passaram a figurar decisivamente na reta final. O tricolor pode despachar o Timão e o Inter vai a Goiânia, batalhar no Serra Dourada.

            Fora dos gramados o Corinthians parece pagar pelos deslizes dos dirigentes. Denúncias de lavagem de dinheiro são investigadas. Se existe uma moral no mundo; a chamada lei do retorno, o time do Parque São Jorge parece marcado pelos deuses do futebol. Escrevem o roteiro final com dramáticos tons. A guilhotina está afiada. A lâmina cortará zunindo o espaço. Duas cabeças ainda vão rolar.

            A fórmula dos pontos corridos consagra uma decisão às avessas. Quantos perderão o sono diante das emoções que ainda virão? Resta-nos apenas ligar a telinha ou ir aos estádios. Na próxima segunda estaremos contando risos, ou lágrimas, vertendo de corações alvi-negros.

 

Os: o autor é torcedor do Goiás...

Jurandir Araguaia
Enviado por Jurandir Araguaia em 29/11/2007
Reeditado em 29/11/2007
Código do texto: T757370
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jurandir Araguaia é escritor goiano e publica regularmente no sítio:http://www.jurandiraraguaia.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jurandir Araguaia
Goiânia - Goiás - Brasil
920 textos (84296 leituras)
6 áudios (95 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 15:09)
Jurandir Araguaia