Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CRIANÇA

CRIANÇA
 
Desde a grande explosão, o universo está em expansão, criando e desenvolvendo as mais diversas formas de vida e pelo menos na visão do próprio homem, ele é a forma mais elaborada, feito à imagem e semelhança de Deus. Mas um filhote das mais variadas espécies, como por exemplo, um jacaré recém nascido, riria do filhote do homem, caso os dois pudessem conversar imediatamente após o nascimento, pois o jacaré já nasce com autonomia para correr, se alimentar e prosseguir com independência, enquanto o homem morreria se não fosse cuidado pelos pais, principalmente pela mãe, que deve alimentá-lo, limpá-lo e suprir suas mais diversas carências.
Assim como os filhotes das demais espécies, a criança representa a continuidade da sua, ela é o futuro da família e do país. Mas do mesmo modo que ela precisa de cuidados para sobreviver ao nascimento, é imprescindível que tenha um treinamento que oriente sua evolução tanto do ponto de vista físico como psicológico e moral, dentro dos princípios que regem a comunidade onde nasceu do contrário, a criança poderá vir a ter um físico invejável e até esbanjar inteligência, mas usar esses atributos contra a própria comunidade ou a família.
Se cada um cuidar e educar seu filho, não haverá ninguém desamparado, caso haja algum imprevisto e uma criança venha a perder os pais, e for amparado por um irmão ou um tio, não irá morar nas ruas, e finalmente se a comunidade adotar os que perderem todos os parentes e lhes construir abrigo e escolas, será uma cadeia a menos que terá de construir e tantos homens que ganharão seu sustento e se alimentarão sem que o governo tenha que lhes trancar, vigiar e alimentar, com a desculpa de que os está recuperando para a sociedade, num trabalho de gasto e êxito duvidoso.  Para lembrar o que fomos e o que seremos, escrevi um soneto numa homenagem à criança, esse legítimo símbolo de esperança, editado no RL com o mesmo título.

(Texto extraído do livro "POETA CRÔNICA & VERSOS" de Jacó Filho"
Jacó Filho
Enviado por Jacó Filho em 29/11/2007
Código do texto: T757381
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jacó Filho
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
3363 textos (286047 leituras)
1 e-livros (292 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 08:59)
Jacó Filho