Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mares Tenebrosos

            Quase dizimaram um pobo à busca do novo os enlouqueceram!  Sem saber direito o que faziam mas ganhavam muito dinheiro!  Atravessaram os mares ganharam novos “ares” e a mistura de raças e religiões aconteceram!  Os portugas mais atirados venceram os mares abandonaram as tradições e com novos “rincões” eles vislumbraram!  Das Índias trouxeram a “manga” climas parecidos logo adaptaram!  Trouxeram nossos “pais” africanos, climas parecidos logo adaptaram!  Os portugas tão apressados não prestaram atenção, da mãe Africa não trouxeram as árvores sagradas de sua religião se tivessem trazido mudas ou sementes de Baobá, pau preto e canho nossos irmãos africanos se sentiriam em casa, e tantos irmãos não teriam morrido de “banzo”!  Os que escaparam vislumbraram com nossas irmãs indias e agradeceram a seus “deuzes” e com os indios aprenderam a adorar o sol, a lua e as águas!  E com seus senhores portugas aprenderam a conhecer um “Deus amantissimo!  E foi aquela euforia, aquela loucura, aquela salada que compôs esta “feijoada”!  Cada um defendia seu “Deus” como podia, mas aquela euforia terminou trazendo novos e belissimos sentimentos!  Os portugas já haviam absorvidos grandes conhecimentos!  Não gostavam de banho, mas ensinaram aos indios e africanos a não comer os homens, pois tinhamos tantos animais, foi muita sorte se os portugas tivessem trazido os “indianos” estariamos todos adorando “vacas”!  Se eu estivesse no poder ergueria um “panteon” homenageando nossos “pais” portugueses, nossos “pais” africanos e nossos “pais” indigenas e as outras nações.  Nossos agradecimentos, pois o enriquecimento de nosso país continente abraçaram todos os continentes?!  Os índios não condenaram estes invasores, pois estes senhores foram eleitos como “deuzes”!
moraesvirada
Enviado por moraesvirada em 29/11/2007
Reeditado em 29/11/2007
Código do texto: T757675
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
moraesvirada
Lagoa da Prata - Minas Gerais - Brasil, 70 anos
392 textos (13608 leituras)
1 áudios (46 audições)
1 e-livros (33 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 21:15)
moraesvirada