Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Enquete

Um famoso escritor de poesias, em uma entrevista, foi criticado por falar sobre o amor em seus poemas. Indignado, começou a fazer uma série de perguntas à entrevistadora, querendo defender sua posição:
"- Tu dizes que meus poemas falam sobre amor. Mas, o que é o amor? Será ele um sentimento ou um capricho do ego humano? Parece-me que é algo que já se extinguiu, ficou careta no nosso mundo. Aí quando alguém fala dele, é tachado de poeta, de louco, de bobo. Acho que estão nomeando de forma errada. Ainda existem pessoas com coração que devem ser respeitadas. E a maioria das pessoas que não acreditam na força do amor são aquelas que nunca provaram dessa maravilha. Talvez nunca sentiram seus lábios trêmulos, o coração desrritimado, e a voz… essa fica suave, dizendo tudo aquilo que os olhos não têm coragem de expressar. Neste instante, o mundo foge do nosso controle, tornamo-nos almas sem rumo, sem medo, à procura do eterno e aconchegante mundo dos amantes... Será que sabes o que é amor? Será que sabes o que é amar? Serias capaz de amar?”
Nesse instante, a apresentadora se calou. Levantou e pôs-se a ir embora. O escritor, percebendo o constrangimento gerado, perguntou à apresentadora:
"- Perdoe-me... Qual é mesmo o seu nome?"
" - Solidão..." - respondeu a apresentadora.
E se foi...
Profeta dos Sonhos
Enviado por Profeta dos Sonhos em 03/12/2007
Código do texto: T763795

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Profeta dos Sonhos
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 41 anos
65 textos (3151 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 01:58)
Profeta dos Sonhos