Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A HIPOCRISIA E A DIETA

Fui a casa de parentes meus, onde o jantar estava servido. Minha tia, que estava acima do peso já há um tempo, foi se servir, então. Presenciei ela comer duas tapiocas grandes com ovo e manteiga-da-terra, pra quem conhece sabe que num é qualquer coisinha leve! Bom, até aí fiquei na minha. Só que não deu 10 minutos que ela terminou de comer e sentou na sala de estar, me chamou:
-Ei, vamo jantar sushi com rizoto de camarão naquele restaurante?
Então eu não aguentei né:
-Nossa, mas tu acabou de comer duas tapiocas com ovo e ainda tá chamando pra jantar fora?
Ela revidou, sem perder a pose:
-Ah, mas eu tomei um comprimido pra emagrecer antes!!

É típico de mulheres e homens mal-resolvidos que querem tudo num passe de mágica. Sem querer ter o trabalho de reformar seus princípios. “Ai, tô gorda, né? Próxima semana vou no médico pra ele me receitar alguma coisa. Por falar em comida, ainda tem aquele pudim?”

Poxa, se conseguiu engordar sozinho, corre atrás pra emagrecer sozinho também. Senão, você vai estar comemorando algo que não foi você que fez. Aí seu subconsciente não dá valor a isso, e você engorda de novo. Depois ainda culpa o remédio pelo efeito sanfona.

E não só em relação a dieta, em relação a tudo hoje em dia. As pessoas se acomodam porque têm na mente que sempre tem alguém na sociedade pra resolver os problemas que causam e que sofrem.

Se são presos, exigem uma cela boa. Se bebem e batem o carro, exigem um atendimento bom no hospital, cuja função é ajudar, não fazer milagres e atender vários de uma só vez. Se fazem questão de fazer 10 filhos que não têm como criar, exigem que o governo ajude. Se ficam doentes seja do que for, exigem uma cura. Se moram ou vêm pra cidade grande, reclamam do engarrafamento, cujo principal culpado é o motorista de cada carro. Se o ônibus tá lotado, reclama, mesmo o transporte público sendo apenas um recurso oferecido, que não pode se negar a receber esse ou aquele passageiro, pois quem faz a escolha são os passageiros.

E se não tivessem inventado os automóveis? E se não tivessem inventado o remédio que está exigindo? Não precisamos inventar computador, internet, não precisamos inventar vacina, remédio, não precisamos ter plantação pra comer arroz, não precisamos fazer um açude para beber água, não precisamos inventar hidrelétricas pra ter energia em casa, não precisamos inventar talheres, objetos, não precisamos fazer roupas para estarmos vestidos, não precisamos inventar televisão, telefone, não precisamos inventar carro nem avião. Já nascemos com tudo já inventado, já consumado, e ainda tem gente que reclama do que recebe do mundo, achando que todo dia são aniversariantes, e ainda tem cara-de-pau de exigir presentes melhores, sem aceitar e se adaptar nem correr atrás de seu próprio bem-estar.
Cláudio Theron
Enviado por Cláudio Theron em 04/12/2007
Reeditado em 04/12/2007
Código do texto: T764186

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cláudio Theron
Fortaleza - Ceará - Brasil, 27 anos
294 textos (42884 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 20:34)