Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Momento mágico

           Sua ansiedade por aquele momento era notória. Desde o dia em que recebera a notícia de que iria ao cinema pela primeira vez, passou a contar os segundos. Mal comia. Acordava várias vezes nas noites. A mãe viu-se obrigada a ameaçá-lo de que não iria caso não procurasse se controlar. De fato tentou, mas sem sucesso. Tudo isso era mais forte do que ele.
Finalmente! O dia esperado. Até chegar ao shopping, onde estava o cinema, foram longas duas horas. De primeiro, vislumbrou aquela imensa caixa de cimento, cercada por lindos pinheiros e amplo espaço repleto de carros que ele jamais imaginara existir.
Nem deu tanta atenção às belas vitrines expondo suas mercadorias caríssimas. As pernas tremiam. O coração acelerado. Mãos trêmulas. Nem quando dera seu primeiro selinho, havia quatro anos, sentira algo assim. Não quis falar para ninguém. Temia que o zoassem. E, para ele, que não era mais virgem, pagar aquele mico era inaceitável.
Desmontou na poltrona. Seus olhos não acreditavam no que viam. A tv, presente de seu pai ao completar 13 anos, caberia mais de cem vezes dentro da tela. “Nossa! Não é uma tv grudada na parede, não!” Deixou escapar. Para seu conforto, ninguém o ouviu. O som, então, algo de outro mundo; levou um susto tamanho ao ouvir a saudação de uma voz que vinha de todos os lados.
No decorrer do filme, que era de matar de rir, ele se via lá dentro com aqueles personagens engraçados até nos gestos. Apropriava-se de cada cena que saltava aos seus olhos.
Logo que terminou o filme, o “ah” foi tão sonoro quanto às falas e músicas que saíam das caixas de som. Foi deixando a sala de exibição a passos lentos, procurando gravar em sua mente cada detalhe daquele espaço mágico que, por alguns minutos, o fez esquecer das ruas sem vida do Grajaú.


José Augusto G. de Almeida

José Augusto
Enviado por José Augusto em 05/12/2007
Reeditado em 18/06/2008
Código do texto: T765291
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Augusto
São Paulo - São Paulo - Brasil, 43 anos
38 textos (1144 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 12:57)
José Augusto