Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PASSADO E PRESENTE






Sempre acreditei no ditado que diz "diga com quem andas e te direi quem tu és". Continuo acreditando nele com a Bíblia a fundamentar minha crença (Provérbios 13:20 diz: Quem anda com os sábios será sábio). Só que agora acho que não sei o que eu era e o que sou. Acho que não sei se o que eu era, era pelas companhias que tinha - ou não - e/ou se o que sou hoje é pelo mesmo motivo. Não sei se minhas "antigas" atitudes e reações eram pelo que eu mesma era ou pelo que eram as pessoas que me estavam próximas. Da mesma forma creio desconhecer a respeito de minhas atuais ações. Não sei se o que eu era, era o melhor de mim ou se o que sou hoje piorou. Ou o contrário em ambos os casos: passado e presente.

E agora me vejo sem saber como reagir a atitudes alheias e lidar com essas pessoas... Não sei se porque antes eu me julgava rodeada de ótimas pessoas e por isso eu me considerava tal qual, ou se hoje estou em não tão boas companhias e então tornei-me aquém do que me achava ser. Ou o inverso? Talvez antes na realidade eu era só e sem qualquer influência e, assim, erroneamente me via "bacana" quando na verdade deveria ser muito boba e ingênua...

Os fatos da vida me mostram que hoje eu me vivo reagindo negativamente a situações que antes não me incomodavam nem me ofendiam - ou talvez porque eu não me importasse com o que os outros faziam, e seguia as minhas opções pessoais de sempre tratar as pessoas com afeto, afagos e cortesia sinceros (independentemente de como elas agiam comigo)... Mas não consigo continuar sendo assim e isso me faz mal. Queria permanecer tratando as pessoas bem, desejando-lhes bem. Hoje sinto raiva das pessoas, sinto-me afrontada, desfeiteada, destratada.

Percebo nas suas atitudes um velado agradecimento, como se dessem graças a Deus por não mais se verem "obrigadas" e me encontrar, gratas por ter-se cessado um relacionamento imposto por uma vida inteira quando tiveram de conviver comigo. Agora, a escolha claramente permitida é feita: "vá procurar sua turma porque aqui não é o seu lugar e você não é como nós".

Hoje vejo também ser verdade o dito que "parentes são a família que nos é imposta e os amigos são a família que nos é permitida escolher". Hoje celebro vitórias, travo duras batalhas, canto e choro com meus amigos. Hoje fui abraçada por eles, sorriram para mim por mais uma admirável escolha que faço na vida.

Os parentes? Preferiram dormir até tarde para descansar das baladas regadas a cervejas e piadas em volta das mesas de bares...



www.anak.com.br
copyright ana K - anak@anak.com.br @ 11/27/2005




ana K
Enviado por ana K em 27/11/2005
Reeditado em 27/11/2005
Código do texto: T77232

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ana Karina Dutra - www.kaka-anak.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ana K
São Paulo - São Paulo - Brasil
219 textos (15874 leituras)
3 e-livros (265 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:16)
ana K