Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM MUNDO NORMAL

                 


De repente parei e, olhando para os lados, notei que as pessoas que seguiam seus caminhos não se preocupavam com nada mais que seu próprio umbigo.
  Falei com diversas pessoas durante várias vezes em vários dias e nada podia ser acrescentado aos seus costumeiros, “você é um louco sonhador”.
  Calei-me e, dentro de meus pensamentos, fica sempre a interrogação que me martela a alma já há muito tempo. Até quando teremos que conviver com pessoas que nunca se preocupam com nada que não seja sua própria pessoa?
  A loucura toma conta do mundo, a violência derruba padrões de comportamento, os conceitos éticos e morais e a segurança fica restrita aos presídios onde moram os criminosos. Nas ruas, a violência campeia como lobo feroz e voraz e alguns dizem que tudo está normal...
  As guerras acontecem, as mortes se multiplicam, as catástrofes se sobrepõem umas às outras e tudo continua normal.
  As pessoas se agridem, pais e filhos se matam, as igrejas ficam lotadas de pobres diabos que procuram uma solução para seus sofrimentos e a única coisa que lhes é garantida é o inferno, mas está tudo normal.
  Os sacerdotes, usando do poderio que têm sobre seus rebanhos, usam e abusam de forma truculenta de uma juventude já sem conceitos de moralidade, onde possam se apoiar e praticam toda sorte de abusos e tudo continua normal.
  Os governantes, a cada dia, acrescentam aos seus currículos um amontoado de cretinices e, diante da ótica da maioria, tudo continua normal...
  Deus é negociado em suaves prestações a todo momento e o próprio Cristo perde espaço para o demônio que é aclamado dentro das igrejas e, mesmo assim, tudo continua normal.
  A juventude, que poderia servir de esteio para as novas gerações que estão surgindo, mutila-se, marca-se como se fosse gado, pois isto é o que desejam aqueles que mandam no mundo, e tudo está normal...
  Os padrões éticos, e mesmo até os verdadeiros princípios de honestidade e moralidade já perderam espaço, dentro dos espaços lotados de imbecis que se intitulam políticos,  filósofos e artistas, e tudo está normal...
  As disputas eleitorais tomam conotação de piada, quando vemos pessoas que se dizem líderes aparecerem diante da opinião pública mentindo e mesmo assim são eleitos, e tudo isto é normal...
  Multidões se matam e se agridem em nome de um deus que lhes foi apresentado mediante o pagamento em dinheiro ou mesmo de suas próprias vidas e tudo isto está normal...
O “amor” passou a ser uma mercadoria que é negociada diante de multidões apáticas já sem espírito, apenas animadas por uma alma modelada dentro de  padrões estabelecidos pelos “donos do mundo”, e tudo isso é normal...
  Parece que a lógica perversa é destruir todos os valores para que, instalando-se o caos, seja mais fácil dominar um bando de pessoas que não mais terão direito de questionar, procurar ou mesmo escolher um caminho.
  Até mesmo a natureza se revolta com todas as agressões que sofre e já se manifesta de forma violenta, tentando com isso restabelecer a ordem contra o caos que foi criado pelo homem. Em todos os lugares, todos os dias as mudanças bruscas das estações do ano destroem e matam, entretanto dentro da ótica dos homens tudo está normal...
  E seguindo, observando tudo ao meu redor, de forma crítica e observadora sem, no entanto, participar de nenhuma denominação de salvador da pátria, fico estarrecido com os “normistas” que preferem esconder o lixo debaixo do tapete, jogam a culpa nos outros, não assumem seus erros e prometem aquilo que nunca irão dar.
  Afinal, o que não é normal, num mundo onde a Verdade passa a ser uma grande mentira?



15/04/2004- VEM



Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 27/11/2005
Reeditado em 07/03/2009
Código do texto: T77320
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (110805 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:36)
Vanderleis Maia