Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Comunicação "enriquecida"

           Falha de comunicação : queda de Qualidade

     Algumas pessoas ainda acreditam que não é preciso anotar recados com detalhes. Elas confiam plenamente que se lembrarão de todos os dados recebidos e os passarão claramente ao próximo envolvido. E na maioria das vezes, já não dá mais tempo de evitar os prejuízos. E para consertar, talvez demore muito !

     Observe minha pequena fábula a seguir,  quando o  Presidente  de  uma grande  empresa, telefonou ao vice e lhe passou este recado :
                                                                               
 "Na próxima 5a. feira, iremos receber uma importante cliente de São Bernardo do Campo. Como Feijó está fazendo seminário no Rio,  contamos com Feitosa para recebe-la e exibir-lhe nossas instalações. Como  ela vai permanecer até domingo, vamos promover um saboroso churrasco  de porco em nosso quintal.  Para garantir grande presença de empregados lá, diga que vai haver sorteio de brindes e bebida de montão. Peça à dona Conceição para hoje à tarde encomendar uma grande torta de abacaxi da doceira perto de onde ela mora,  em Pedra da Luz. Temos de impressiona-la bastante para tentar atrair o Fialho para nossa sociedade, para garantir nosso fluxo de caixa este ano."

 Este recado foi passando de ramal em ramal, até chegar ao chefe do departamento de Relações Públicas, que disse ao seu primeiro secretário :
                                                                               
 "Na 5a. feira próxima passada, a esposa do sr. Bernardo, de Campos, chegou  aqui doente, após comer feijão dentro de um armário no Rio.  Cortamos seu cabelo e tivemos de exigir que ela fizesse inalações. No domingo foi  preciso remover o corpo do pavoroso carrasco  para o  hospital. Após desavença com o encarregado de lá, houve uma briga com o porteiro na subida do saguão. Houve um grande abacaxi, quando ela comeu amora após tomar injeção. Aí, já era tarde. Chamaram o Padre Luiz para encomendar a morta debaixo da porteira. Corremos para fazer o parto da gestante e tirar o filho de nossa cidade, dentro de uma blusa por baixo do cano".

  Esperamos que você tenha absorvido o "espírito da coisa" e passe a ter mais cuidado quando receber/repassar um pedido com aparência de inocente.
Haroldo
Enviado por Haroldo em 30/11/2005
Código do texto: T79205
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Haroldo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 71 anos
678 textos (24820 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:35)
Haroldo