Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O BLOCO AMARELO

Numa das noites que Maria Eduarda foi dormir na casa de seus avós, ela foi chegando e pedindo:
-Vovó, você me dá papel, caneta e cola pra eu colá?
-Dou, sim, Duda.
-Ah, vovó! Agora você me dá um bloquinho pra eu escrevê?
-Este bloco está bom?
-Não! Eu quero um bem pequenininho!
-Tem este amarelo, que é do seu avô. Vá pedir a ele.
-Não, Duda, este bloquinho é de fazer o trabalho da igreja. Vou te dar só um pouquinho dele, viu?
-Eu quero o bloquinho todo, vovô Juca!
-Mas eu preciso dele, minha filha.
-Eu também preciso muito!
-Dudiiiiiinha, venha cáááááááá! Vamos assistir desenho animado, aqui no meu quarto, comigo?
-Não, vovó Ana! Eu quero o bloquinho amarelo do vovô!
-Não chore, querida. Amanhã, eu vou comprar um só para você.
-Mas eu quero agora, vovó! Num amo mais o meu avô, sabia? Num vô conversá mais com ele!
-Meu amorzinho, Papai do Céu não gosta de menina de coração ruim.
-E nem de vovô de coração ruim!




Anna Célia
Enviado por Anna Célia em 05/12/2005
Código do texto: T81173

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Anna Célia Dias Curtinhas _ http://annacelia.multiply.com/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Célia
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 70 anos
1158 textos (55229 leituras)
1 e-livros (216 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:14)
Anna Célia