Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amigos poetas...
 

Amigos poetas. É natural nos sentirmos indignados com a falta de criação de alguns que se dizem serem poetas. É uma pena que muitos tenham pouca vontade de criar e que acham que é mais fácil copiar.

O que acontece na verdade com essas pessoas, não é falta de capacidade de criação, mas o que faltam nelas é a leitura.
 
Quem pouco lê, pouco cria. Para quem é iniciante na escrita é natural ele inspirara-se em alguma poesia, mas não copiá-las. O expressar do escritor, a sua criação, o jeito é todo dele no escrever, suas palavras são únicas. Quanto mais escreve melhor fica a escrita.
 
Quanto mais lemos mais aprendemos a escrever. As palavras vão tomando formas vão tendo mais criatividade. Não há criação sem leitura, não há boa escrita sem treinamento diário. Quanto aos copiadores não ficaremos livres tão fáceis, pois iremos reclamar, reclamar e eles continuarão copiando.
 
Alguns não sabem quantos problemas podem causar a um escritor essa violação. Aprender a respeitar o trabalho de alguém é de  fundamental importância e é por isso que hoje quando coloco em meu Blog poesias que são de outros poetas faço questão que eles saibam e que vejam que eu não estou aproveitando ou se apoderando de suas poesias, e sim as divulgando com seus direitos autorais reconhecidos.
 
Respeitar os direitos autorais de um escritor, não é apenas respeito ao seu trabalho, mas também é  uma questão ética profissional. 

Só há um caminho para esses que se aproveitam dos vossos trabalhos, terem seus direitos autorais reconhecidos e patenteados. Denunciar a toda rede da Internet aqueles que se apoderam dos nossos trabalhos, que entram em  sites e  Blogs e que roubam o que tanto custou para criar.
 
Quem sabe assim, irão se conscientizar que todos nós somos capazes de criar algo único. Não importa o que escreva, é seu, tem as suas palavras. Meus primeiros escritos foram inspirados não somente em alguém, mas também lendo artigos de revistas, jornais.
 
Lia todos os dias, variava minhas leituras em livros, li romance, romance espírita, romance policial, suspense, poemas e poesias, biografias de vários autores, e faço isso até hoje. Foi assim que e fui colocando minhas idéias, meus pensamentos foram criando formas para meus textos, poesias e etc.
 
O que seria de Carlos Drumond, Camões, Cora Coralina, Fernando Pessoa & Cia além de terem estudado não tivessem  eles lido bons livros? Todos eles começaram se inspirando em algum escritor e com passar tempo foram tendo inspiração em outras coisas. 

Minha primeira poesia foi dedicada a alguém especial, minhas poesias de amizade foram dedicadas a companheiros de todas as horas, a experiência de vida de alguém também me trouxe inspiração,assim como muitos escritores me inspiraram e me ajudaram nas minhas criações
 
Minha participação em um concurso de poesias coordenada por Smareis foi o meu grande incentivo apesar de não ter ganhado, fiquei feliz por minha poesia ter sido classificada entre tantas maravilhosas poesias.

A minha entrada nos grupos de poesias foi à coisa certa que eu fiz, pois aprendi mais tive encontros com os melhores poetas e o incentivo deles, as Cirandas, os Exercícios Poéticos coordenada pelos poetas me ajudaram muito, pois a cada novo tema uma nova criação, um novo treino.
 
Para aqueles se querem que seus escritos tenham os direitos autorais reconhecidos de acordo com Lei 9.6l0/98 é só procurar
http://www.bn.br/serviços/atendimento/eda/lei961l.htm .
 
Infelizmente vivemos em um país em que poucos respeitam o trabalho de alguém, e não existe pior exemplo do que o próprio governo que há anos, se aproveita de todos nós e roubam na nossa cara.
 
O jeito é rezar para que essas pobres almas incompetentes passem a serem mais competentes e conscientes, que eles deixem a preguiça de lado e que e se esforcem em ter suas criações próprias, para que possam se conscientizar que o respeito às coisas alheias se aprendem em casa e se não aprenderam ou se aprenderam e não levou em conta isso é lamentável.
 
Porém nunca é tarde. Que a conscientização desses que se apossam de textos, poesias ou qualquer outro tipo de arte, possam fluir em suas mentes mostrando que eles são tão capazes como nós. Que possam eles aprender e deixar expandir seus sentimentos e emoções, pois só assim aprenderão a criar sua própria arte.

03/12/2005
SBernardelli
Enviado por SBernardelli em 07/12/2005
Reeditado em 21/12/2010
Código do texto: T81949
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SBernardelli
Caraguatatuba - São Paulo - Brasil
912 textos (290124 leituras)
25 e-livros (11513 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:21)
SBernardelli